Caminhão de supermercado foi usado para descarte irregular de entulho

“Veículo foi utilizado para fins particulares e sem autorização”, diz empresa que vai apurar o ocorrido e já contratou serviço de limpeza da área
sexta-feira, 16 de abril de 2021
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
(Fotos: RP Comunicação Digital)
(Fotos: RP Comunicação Digital)

Na manhã da última quinta-feira, 15, um morador do Parque Maria Teresa, distrito de Riograndina, flagrou um funcionário da rede de supermercados Serra Azul despejando entulhos de obra em um terreno no bairro. O descarte foi feito pelo funcionário utilizando um caminhão do supermercado. A ação foi filmada e o vídeo circulou em alguns grupos de WhatsApp chamando atenção da associação de moradores do bairro. Segundo o presidente da entidade, Emílio Alonso, o despejo de lixo e entulhos de obras no terreno é crônico e os moradores temem que o bairro se torne um vazadouro de lixo.

Emílio denunciou o flagrante à redação de A VOZ DA SERRA e nossa equipe de reportagem, então, contatou o departamento de comunicação da empresa pedindo esclarecimentos. Em nota, a rede Serra Azul lamentou o ocorrido e esclareceu que o funcionário e o caminhão da empresa não estavam em missão oficial e, portanto, sem autorização. Ainda na tarde de quinta-feira, 16, o supermercado contratou uma empresa para a retirada de todo o entulho despejado no terreno, inclusive outros descartes que já estavam no local, e também fará a limpeza de toda a área.

Confira na íntegra da nota enviada ao jornal: “Lamentamos o ocorrido na tarde desta quinta-feira, 15, quando tomamos conhecimento da presença de um caminhão da empresa que estaria despejando entulho em um aterro irregular. Esclarecemos que o veículo foi utilizado para fins particulares, sem autorização da empresa, não estando em serviço algum ligado à atividade do mercado. Quando tomamos conhecimento do fato, através de um vídeo na rede social, imediatamente, contratamos uma empresa especializada para fazer a limpeza do local, autorizando, inclusive, a retirada de todo o entulho. O trabalho de retirada já começou a ser feito, porém o mesmo durará alguns dias, visto que, segundo informações de moradores, quase todo o material já estava no local, e vêm sendo despejado por outras pessoas ao longo dos anos. Informamos também que estamos apurando o ocorrido e tomaremos as devidas providências”, finalizou a nota.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: