Calor e estiagem devem aumentar neste mês de agosto

Apesar das temperaturas em elevação, dias bem frios ainda devem ocorrer
segunda-feira, 01 de agosto de 2022
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Foto: Henrique Pinheiro
Foto: Henrique Pinheiro

Agosto se caracteriza, basicamente, por tempo seco e temperaturas em elevação. A  tendência é de aumento do calor e da estiagem, inclusive em Nova Friburgo, alerta o Climatempo.

Apesar das temperaturas em elevação, agosto ainda é um mês com dias bem frios no Sudeste. As massas de ar frio de origem polar chegam com bastante força, embora encontrem resistência para avançar devido à massa de ar seco que se estabelece sobre a porção central do país.  Assim, as frentes frias e as massas de ar polar  que as acompanham se afastam em direção ao oceano com mais facilidade, levando chuva e queda de temperatura para porções mais a leste do Sudeste, por exemplo.

Para não dizer que em  julho não choveu um único dia em Friburgo, a madrugada de sábado, 30, foi de temporal. Uma forte frente fria associada a um  ciclone extratropical  na costa gaúcha conseguiu furar o bloqueio atmosférico responsável pela longa estiagem.

O choque térmico entre o ar frio polar e o ar quente que  predominava causou rajadas de vento já na tarde de  sexta-feira, 29. 

A chuva de sábado caiu de forma rápida e concentrada, não sendo suficiente para mitigar os efeitos da estiagem. O tempo extremamente seco, causado pelo  bloqueio atmosférico, colaborou significativamente com o aumento dos números de focos de queimadas no mês de julho, inclusive em Nova Friburgo, que na quinta-feira, 28, registrou um grande foco em Nova Suíça.

 De janeiro a julho de 2022, o Brasil registrou 34.123 focos de queimadas.  A ausência de umidade também vem provocando  altas temperaturas em pleno inverno e baixa umidade do ar.

 

LEIA MAIS

Defesa Civil registrou 16 ocorrências como quedas de árvores e destelhamentos, sobretudo em Olaria, Cônego e Cascatinha

Ainda deve chover e ventar em Friburgo na noite desta quarta, mas sol pode voltar já nesta quinta

Cada cor respeita uma ordem de floração, que pode ocorrer de forma alterada a cada ano, dependendo do clima

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima