Calor deve aumentar e em Friburgo deve fazer 30 graus na sexta

Massa de ar seco bloqueia frentes frias e mantém baixa a chance de chuva
segunda-feira, 24 de janeiro de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Johnny Knupp
Foto: Johnny Knupp

Um bloqueio atmosférico do tipo ASAS (Alta Subtropical do Atlântico Sul|) de até 1021 hPa deve manter afastada a possibilidade de chuvas nos próximos dias. A  massa de ar seco deixa  faz as temperaturas  dispararem.Em Nova Friburgo, o calor aumenta progressivamente ao longo da semana, chegando a 30 graus na sexta-feira. 

O verão 2022 só se fez sentir de fato ao completar um mês da nova estação, que começou em 21 de dezembro: horas seguidas de sol, por vezes forte, períodos de nublado, calor, abafamento e possibilidade de pancadas rápidas de chuva no final do dia. 

Com a atmosfera muito quente, algumas nuvens podem crescer em grande velocidade e provocar temporais com raios e granizo. O grande volume de água em poucas horas pode provocar alagamentos.

O índice de raios ultravioleta aumenta muito nesta época do ano. Protetores solares são indispensáveis, assim como boa hidratação e alimentação leve.

A semana passada registrou recordes de calor em várias cidades. Não foi diferente em Friburgo, que ficou perto dos 30 graus e assim deve permanecer nos próximos dias. O tempo só deve mudar no último fim de semana de janeiro.

LEIA MAIS

Madrugada de quarta para quinta deve marcar apenas 5 graus em Friburgo, prevê meteorologia

Temperaturas prometem despencar a partir desta terça, sendo quinta-feira o dia mais frio da semana

Equipamentos transmitem informações sobre chuva em tempo real e permitirão alertas de risco de desastres naturais

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima