Aos idosos que não se entregaram e aos que ainda lutam para superar dificuldades

Em época de recolhimento domiciliar, estar ativo é primordial para a saúde física, mental e emocional
sábado, 03 de outubro de 2020
por Ana Borges (ana.borges@avozdaserra.com.br)
Aos idosos que não se entregaram e aos que ainda lutam para superar dificuldades

Correndo o risco de ser repetitiva, mas sendo porque nunca é demais ser diante de uma pandemia que não falta muito para completar um ano e, considerando pesquisas que apontam para primeiros casos já em janeiro deste ano, vamos aqui encerrar esta edição falando para aqueles que estão se cuidando e cuidando dos outros… há 7, 8, 9 meses?!

Em época de recolhimento domiciliar, estar ativo é primordial para a saúde física, mental e emocional, já reiteramos em A Voz da Serra/Caderno Z, um milhão de vezes. Principalmente quando se trata dos idosos, que merecem maior cuidado por estarem entre os acometidos mais gravemente pelo coronavírus. 

Educadores físicos ensinam como os mais velhos podem se exercitar dentro de casa, com indicações de atividades que não ultrapassem os limites do corpo de cada um, sem risco de acometer a coluna ou prejudicar a mobilidade. E uma boa parcela desse grupo tem se dedicado a mexer o corpo, apontam geriatras.

Manter-se ativo na terceira idade é importante não só durante a quarentena. Já sabemos todos, idosos ou não, que as atividades físicas ajudam a melhorar a qualidade de vida, previnem males como a osteoporose, depressão, doenças cardíacas e diabetes, entre outros. 

"Em tempos de isolamento, a mobilidade e força muscular acabam comprometidas e os exercícios são fundamentais para melhorar o sistema imunológico, a resistência, a coordenação motora, o equilíbrio e a disposição ao longo do dia. Além de melhorar a saúde cardiovascular, respiratória e diminuir o estresse nas articulações", esclarecem os médicos.

Aos idosos que não se entregaram, aos que ainda lutam para superar suas dificuldades e àqueles que cuidam uns dos outros, força e coragem para seguir em frente e vencer essa peste! 

LEIA MAIS

Como garantir segurança e acessibilidade nos ambientes

Divertidosos foi criado com o propósito de atualizar, informar e divertir a turma dos 60+, 70+, 80+, 90+…

Confira algumas formas de amenizar os efeitos do isolamento

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra