Paula Farsoun

Com a palavra...

Paula é uma jovem friburguense, advogada, escritora e apaixonada desde sempre pela arte de escrever e o mundo dos livros. Ama família, flores e café e tem um olhar otimista voltado para o ser humano e suas relações, prerrogativas e experiências.

08/06/2018

“E que o mínimo que a gente faça seja, a cada momento, o melhor que se conseguir fazer.” Lya Luft.

Leia mais
01/06/2018

Nem todo mundo quer o barulho a todo instante. Nem toda hora é hora para expressar uma opinião. Aliás, não necessariamente temos opinião formada sobre todas as coisas o tempo todo. Tem gente que gosta de ficar quietinho. Que precisa maturar suas ideias. Que prefere retrair para depois avançar. Há silêncios necessários. Pausas estratégicas. Pensamentos que precedem as falas. Um passinho de cada vez.

Leia mais
25/05/2018

Faz frio lá fora. Os termômetros registram queda brusca da temperatura. A serra esfria. Casacos preparados. Nas vitrines, os lenços, cachecóis e toucas conquistam espaço. Nas pessoas, também. Começa a fase da alegria ao pairar sob um raio de sol para aquecer. Cheiro de chocolate quente. Com sorte, aroma de canela. Dia lindo, céu azul. E aquele frio gostoso...

Uma modesta pesquisa com pessoas próximas sinalizou que a fase é bem vinda por aqui. Com sorrisos largos e alguns suspiros, a satisfação pelo clima ameno. Alguém lembrou da frase: “tempo frio, coração quente”.

Leia mais
18/05/2018

Que semana especial. Minha cidade completou na quarta-feira, 16, seus 200 anos. Quanto desejo de declarar meu amor por essa terra aos meus olhos tão incrivelmente maravilhosa. No último sábado, 12, tivemos a oportunidade de lançar o livro “Nova Friburgo: Contos, Crônicas e Declarações de Amor”, Volume II, organizado por George dos Santos Pacheco, que contou a participação de diversos autores da cidade e eu fui uma dessas felizardas pessoas.

Leia mais