Vereadores denunciam falta de medicamentos para sedação no Raul Sertã

Prefeitura anuncia compra emergencial, sem licitação, para normalização de estoques
terça-feira, 30 de junho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A triagem na entrada da emergência do Raul Sertã (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
A triagem na entrada da emergência do Raul Sertã (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Em visita ao Hospital Municipal Raul Sertã no último fim de semana, os vereadores Jhonny Maycon e Marcinho Alves constataram a falta de medicamentos essenciais, especialmente os indicados para a sedação de pacientes, como Propofol, Midazolam, Fentanil e Doputamina. De acordo com a denúncia, já encaminhada à Defensoria Pública do Estado do Rioo e aos Ministérios Públicos Estadual e Federal, os parlamentares tiveram acesso à farmácia do hospital, aos medicamentos, fichas de controle de estoque dos mesmos, requisição dos remédios ao almoxarifado central, bem como percorreram alguns setores do hospital para apurar como estava o estoque de medicamentos.

“Passamos o fim de semana no Hospital Municipal Raul Sertã e vimos uma situação muito delicada. É algo muito grave a falta de medicamentos essenciais. E o grande problema é que, neste momento, praticamente todos os medicamentos utilizados para sedar os pacientes estão em falta. O único que ainda tinha era o Propofol, mas por conta da falta de outros medicamentos a utilização dele aumentou muito e também acabou”, disse o vereador Jhonny Maycon.

Ainda segundo os vereadores, há falta de medicamentos em diversos setores, inclusive no CTI destinado exclusivamente ao tratamento de Covid-19. “É de gerar perplexidade olhar a última requisição do Hospital Municipal Raul Sertã ao almoxarifado central, do último dia 18, solicitando medicamentos psicotrópicos. Dos dez itens de medicamentos solicitados, nove não tem uma unidade sequer e o Propofol foi enviado apenas uma parte do quantitativo requerido”, diz trecho da denúncia.

Por fim, os parlamentares solicitam à Defensoria, MPE e MPF que, “diante dos gravíssimos fatos narrados e considerando que o continuísmo pode acarretar em perda de vidas, requer que sejam tomadas todas as medidas que entender necessárias em caráter de urgência, a fim de assegurar o direito à vida e ao tratamento digno aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Nova Friburgo e região, que dependem do Hospital Municipal Raul Sertã”.

Compra emergencial de medicamentos

Coincidência ou não, a Prefeitura de Nova Friburgo publicou na edição desta terça-feira, 30, do Diário Oficial eletrônico do município, um aviso de dispensa de licitação, tornando pública a realização de pesquisa de mercado para aquisição de medicamentos, em caráter emergencial, para atender à demanda do Raul Sertã pelo período de 180 dias, visando ao enfrentamento da pandemia.

De acordo com o termo de referência que consta no link disponibilizado no Diário Oficial eletrônico, a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, pretende adquirir 15 mil ampolas de Propofol 10 mg/ml – 20 ml; 15 mil ampolas de Morfina 10 mg/ml – solução injetável - 1 ml; 15 mil ampolas de Tramadol 50 mg/ml – 2 ml – solução injetável; e 15 mil ampolas de Dexmedetomidina 100 mcg/ml 2 ml.

 

LEIA MAIS

“Os critérios para definir bandeira não podem ter como único fator ocupação do CTI”, diz defensor

Segundo a prefeitura, servidores estão sendo chamados para serviços de limpeza e manutenção

Organização social Iabas agora afirma que nunca houve data prevista para entrega

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra