"Tio Ari" de Olaria é homenageado com título de Cidadão Friburguense

Escolinha do Roqueano já tem 24 anos treinando jovens na arte do futebol
sexta-feira, 04 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Ari Roberto Gaspar Rapozo recebe a homenagem das mãos do vereador e prefeito eleito Johnny Maycon (Reprodução da web)
Ari Roberto Gaspar Rapozo recebe a homenagem das mãos do vereador e prefeito eleito Johnny Maycon (Reprodução da web)

A Câmara dos Vereadores de Nova Friburgo homenageou nesta quarta-feira, 2, o cantagalense Ari Roberto Gaspar Rapozo com o título de Cidadão Friburguense.

Ari, de 74 anos, mudou-se para Friburgo aos 14 anos. Em 1996, juntamente com seu amigo Walter José Fernandes de Oliveira, então gerente-geral da indústria  metalúrgica em Olaria onde ambos trabalhavam, fundou a escolinha de futebol Inovação Futebol Virtual (IFV) Roqueano, no Roqueano Social Clube, que atende crianças e adolescentes de 5 a 16 anos. "Esse projeto  coordenado pelo Tio Ari já vai para o 24º ano de funcionamento, merecendo essa justa homenagem", justificou o vereador e prefeito eleito Johnny Maycon, que fez  questão de posar com o homenageado.

Ari Roberto Gaspar Rapozo nasceu em 8 de junho de 1945 em Euclidelândia, distrito de Cantagalo. Em 1959 ele veio morar em Friburgo, juntamente com seus pais e irmãos. Em 1964, serviu ao Tiro de Guerra. Logo após, cursou contabilidade, casou-se e teve duas filhas. Empregou-se na Fábrica de Rendas Arp e, em 1967, entrou na fábrica Torrington, onde trabalhou por 45 anos.

Quando jovem, por influência de seu irmão mais velho, começou a jogar futebol e, sempre muito dedicado, não parou mais. Em 1996, juntamente com seu amigo de profissão Walter, fundou a escolinha de futebol. O projeto faz a diferença na vida de centenas de crianças e adolescentes, passando de geração em geração:  pais que treinavam agora levam seus filhos a conhecerem o famoso Tio Ari”. No decorrer do ano, participam de campeonatos internos e torneios entre as escolinhas da cidade.

Todo final de ano acontece uma confraternização entre os alunos e pais, onde todos os jogadores são premiados. É o momento mais esperado, pois recebem medalhas e troféus. Pais e responsáveis se sentem orgulhosos pelo excelente trabalho realizado durante todo o ano. E hoje, aos 74 anos, Ari continua tendo como meta motivar os alunos a participar, desenvolvendo o espírito de amizade e companheirismo.

"A escolinha é uma atividade social de valor imensurável, tal o interesse e a dedicação de Ari na significativa contribuição para a formação cívica e moral de centenas de crianças que desenvolvem aptidões psicológicas e sociais através do futebol", diz Walter Oliveira, acrescentando que o homenageado é uma "enciclopédia viva" sobre a história esportiva e o desenvolvimento industrial de Nova Friburgo desde as décadas de 40 e 50.

LEIA MAIS

Com nova perspectiva, Tricolor da Serra fura retranca e bate o Macaé; jogo decisivo ainda não tem data

Com os goleiros mais inspirados que os atacantes, placar não saiu do zero em Mesquita

Próximo compromisso do Tricolor da Serra será nesta quarta, fora de casa, diante do América

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol