"Tio Ari" de Olaria é homenageado com título de Cidadão Friburguense

Escolinha do Roqueano já tem 24 anos treinando jovens na arte do futebol
sexta-feira, 04 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Ari Roberto Gaspar Rapozo recebe a homenagem das mãos do vereador e prefeito eleito Johnny Maycon (Reprodução da web)
Ari Roberto Gaspar Rapozo recebe a homenagem das mãos do vereador e prefeito eleito Johnny Maycon (Reprodução da web)

A Câmara dos Vereadores de Nova Friburgo homenageou nesta quarta-feira, 2, o cantagalense Ari Roberto Gaspar Rapozo com o título de Cidadão Friburguense.

Ari, de 74 anos, mudou-se para Friburgo aos 14 anos. Em 1996, juntamente com seu amigo Walter José Fernandes de Oliveira, então gerente-geral da indústria  metalúrgica em Olaria onde ambos trabalhavam, fundou a escolinha de futebol Inovação Futebol Virtual (IFV) Roqueano, no Roqueano Social Clube, que atende crianças e adolescentes de 5 a 16 anos. "Esse projeto  coordenado pelo Tio Ari já vai para o 24º ano de funcionamento, merecendo essa justa homenagem", justificou o vereador e prefeito eleito Johnny Maycon, que fez  questão de posar com o homenageado.

Ari Roberto Gaspar Rapozo nasceu em 8 de junho de 1945 em Euclidelândia, distrito de Cantagalo. Em 1959 ele veio morar em Friburgo, juntamente com seus pais e irmãos. Em 1964, serviu ao Tiro de Guerra. Logo após, cursou contabilidade, casou-se e teve duas filhas. Empregou-se na Fábrica de Rendas Arp e, em 1967, entrou na fábrica Torrington, onde trabalhou por 45 anos.

Quando jovem, por influência de seu irmão mais velho, começou a jogar futebol e, sempre muito dedicado, não parou mais. Em 1996, juntamente com seu amigo de profissão Walter, fundou a escolinha de futebol. O projeto faz a diferença na vida de centenas de crianças e adolescentes, passando de geração em geração:  pais que treinavam agora levam seus filhos a conhecerem o famoso Tio Ari”. No decorrer do ano, participam de campeonatos internos e torneios entre as escolinhas da cidade.

Todo final de ano acontece uma confraternização entre os alunos e pais, onde todos os jogadores são premiados. É o momento mais esperado, pois recebem medalhas e troféus. Pais e responsáveis se sentem orgulhosos pelo excelente trabalho realizado durante todo o ano. E hoje, aos 74 anos, Ari continua tendo como meta motivar os alunos a participar, desenvolvendo o espírito de amizade e companheirismo.

"A escolinha é uma atividade social de valor imensurável, tal o interesse e a dedicação de Ari na significativa contribuição para a formação cívica e moral de centenas de crianças que desenvolvem aptidões psicológicas e sociais através do futebol", diz Walter Oliveira, acrescentando que o homenageado é uma "enciclopédia viva" sobre a história esportiva e o desenvolvimento industrial de Nova Friburgo desde as décadas de 40 e 50.

LEIA MAIS

Município diz que interesse pelo projeto está mantido e que termo de cessão de uso está sendo atualizado

Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco não devem subir a serra este ano

Assessoria de Luiz Lima alega que uso dos espaços em Olaria e Conselheiro não foi liberado pelo município desde a gestão passada

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol