Região de Friburgo tem mais de 9 mil casos já confirmados de Covid

Nos 12 municípios serranos próximos, óbitos já somam 373, segundo o estado
terça-feira, 15 de setembro de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Movimento nas ruas de Friburgo em plena pandemia (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Movimento nas ruas de Friburgo em plena pandemia (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) informou que esta terça-feira, 15, o total de pacientes infectados em todo o território fluminense era 244.418 e 17.180 óbitos por coronavírus. Há ainda 381 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 222.064 pacientes se recuperaram da doença.

A VOZ DA SERRA fez um levantamento, através das informações da SES, do total de pessoas que contraíram a Covid-19 até o momento. Segundo informou o boletim do Estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira, em 12 municípios serranos, vizinhos a Nova Friburgo, incluindo Teresópolis e Petrópolis, o total é de 9.051infectados pela Covid-19 e 373 o total de óbitos.

Os casos confirmados estão dispostos na seguinte maneira: Teresópolis,  5.111 casos; Petrópolis, 2.263; Cachoeiras de Macacu, 579; Cordeiro, 208; Carmo, 158; Bom Jardim, 156; Cantagalo, 151; Sumidouro, 148; Santa Maria Madalena, 99; Duas Barras, 64; Macuco, 58 e Trajano de Moraes, 56.

Já os óbitos por coronavírus estão dispostos da seguinte maneira: Petrópolis, 190; Teresópolis, 129; Cachoeiras de Macacu, 27; Sumidouro, 11; Bom Jardim, 4; Carmo, 4; Duas Barras, 3; Cantagalo, 2; Macuco, 2 e Cordeiro, 1.

 

LEIA MAIS

Novo decreto da prefeitura modifica métrica reguladora: taxa média de ocupação dos leitos agora será aferida semanalmente

Aumento do número de casos de Covid, falta de vacina e desconhecimento sobre a doença foram algumas das justificativas

Outros seis integrantes também tiveram seus nomes confirmados, revela Massimo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra