Região de Friburgo tem mais de 9 mil casos já confirmados de Covid

Nos 12 municípios serranos próximos, óbitos já somam 373, segundo o estado
terça-feira, 15 de setembro de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Movimento nas ruas de Friburgo em plena pandemia (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Movimento nas ruas de Friburgo em plena pandemia (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) informou que esta terça-feira, 15, o total de pacientes infectados em todo o território fluminense era 244.418 e 17.180 óbitos por coronavírus. Há ainda 381 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 222.064 pacientes se recuperaram da doença.

A VOZ DA SERRA fez um levantamento, através das informações da SES, do total de pessoas que contraíram a Covid-19 até o momento. Segundo informou o boletim do Estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira, em 12 municípios serranos, vizinhos a Nova Friburgo, incluindo Teresópolis e Petrópolis, o total é de 9.051infectados pela Covid-19 e 373 o total de óbitos.

Os casos confirmados estão dispostos na seguinte maneira: Teresópolis,  5.111 casos; Petrópolis, 2.263; Cachoeiras de Macacu, 579; Cordeiro, 208; Carmo, 158; Bom Jardim, 156; Cantagalo, 151; Sumidouro, 148; Santa Maria Madalena, 99; Duas Barras, 64; Macuco, 58 e Trajano de Moraes, 56.

Já os óbitos por coronavírus estão dispostos da seguinte maneira: Petrópolis, 190; Teresópolis, 129; Cachoeiras de Macacu, 27; Sumidouro, 11; Bom Jardim, 4; Carmo, 4; Duas Barras, 3; Cantagalo, 2; Macuco, 2 e Cordeiro, 1.

 

LEIA MAIS

Total de casos confirmados supera os 2.900, com registro de 57 novos em apenas um dia

Relatório aprovado por unanimidade, com 24 votos, será agora votado em plenário. Caso aprovada, denúncia seguirá para o TJ

Medida altera a lei que previa o fim da calamidade no último dia 1º de setembro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra