Raul Sertã: Conselho Municipal de Saúde recomenda contratação imediata de médicos

“Cabe ao município fazer sua parte e à população cumprir o isolamento social e usar máscaras”, diz a nota
sexta-feira, 11 de setembro de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

A falta de médicos nos setores de emergência e Covid-19, no Hospital Municipal Raul Sertã, evidenciada em reportagens recentes de A VOZ DA SERRA, voltou a se repetir esta semana e levou o Conselho Municipal de Saúde de Nova Friburgo (CMS) a emitir uma nota de esclarecimento na manhã desta quinta-feira, 10, através do Diário Oficial eletrônico do município, no site da prefeitura.

Segundo a nota, o Conselho informa que já tomou as medidas cabíveis junto a Secretaria Municipal de Saúde para averiguar a real situação bem como em sua recomendação para que fosse realizada a contratação imediata de profissionais de saúde em todos os setores necessários para o enfrentamento à pandemia do coronavírus.

A nota solicitou ainda aos órgãos de controle externo o acompanhamento do assunto em questão, entendendo que a sobrecarga dos profissionais que estão na linha de frente de enfrentamento poderia acarretar um desgaste físico, psicológico e emocional, “além da possibilidade de contaminação, somando-se a falta de infraestrutura adequada ao momento.” “Cabe portanto, ao Executivo Municipal, providenciar a infraestrutura e a população fazer a sua parte que é manter o isolamento social sempre que possível e usar máscara”, finalizou o Conselho.

A coluna Mássimo do último dia 3, por exemplo, listou alguns fatores que levaram a defasagem de profissionais na unidade. “Existem diversos profissionais da Saúde internados na cidade, lutando pelas próprias vidas após terem sido infectados pelo novo coronavírus. Não é difícil imaginar que o Raul Sertã tenha se tornado, neste momento, um ambiente de trabalho desafiador, para dizer o mínimo. E que muitos profissionais venham sofrendo pressões até mesmo familiares para que trabalhem em outras unidades. A situação evidentemente não teria se tornado tão séria se tantas gestões não tivessem sido negligentes no que se refere à realização de um amplo concurso público para a Saúde, por mais que seja fácil identificar focos de resistência (inclusive interna) motivados por interesses contrários a este tipo de estabilidade, da mesma forma como há quem não queira nem ouvir falar em informatização do sistema”.

Nos últimos dias, dezenas de pacientes que buscaram atendimento na Central de Tratamento de Urgência (CTU) do Rul Sertã depararam-se com o aviso de funcionários da recepção dando conta que não havia clínicos gerais no plantão. Os escalados teriam faltado ao serviço por motivo de doença ou atestado, informaram os funcionários. Os pacientes foram orientados a procurarem a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no distrito de Conselheiro Paulino, ocasionando sobrecarga e maior demora no atendimento. 

 

LEIA MAIS

Compras são para atender as necessidades do Hospital Raul Sertã, pelo período de 120 dias

Profissionais fazem apelos nas redes sociais e prefeitura confirma situação crítica

Hospital Raul Sertã, Maternidade e UPA serão as unidades de saúde contempladas com a compra. Cada veículo vai custar R$ 340 mil

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra