Prefeito, vice e vereadores eleitos serão diplomados em 18 de dezembro

Devido à pandemia, ainda não foi definido o local nem a forma como será feito o processo
quinta-feira, 19 de novembro de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
Prefeito, vice e vereadores eleitos serão diplomados em 18 de dezembro

O futuro prefeito de Nova Friburgo, Johnny Maycon, seu vice, Sergio Abreu, e os 21 vereadores eleitos no pleito do último domingo, 15, e que irão compor a Câmara Municipal pelos próximos quatro anos – de 1º de janeiro de 2021 à 31 de dezembro de 2024 – serão diplomados pelo Justiça Eleitoral no próximo dia 18 de dezembro. Porém, ainda não foi definido o local nem a forma como será feito o processo, devido a pandemia de Covid-19.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. O candidato eleito recebe diploma com nome dele, a indicação da legenda sob a qual concorreu a eleição, o cargo para o qual ele foi eleito.

Além de Johnny Maycon (prefeito) e Sergio Abreu (vice-prefeito), também serão diplomados os 21 vereadores eleitos. São eles, pela ordem dos mais votados: Maiara Felício (PT), líder com 1.870 votos; Marcinho (Republicanos), com 1.464 votos; Joelson do Pote (PDT), com 1.443 votos; Zezinho do Caminhão (PSB), com 1.427 votos; Dirceu Tardem (PSB), com 1.409 votos; Carlinhos do Kiko (PROS), com 1.282 votos; Christiano Huguenin (MDB), com 1.146 votos; Janio de Carvalho (DC), com 1.139 votos; Angelo Gaguinho (DC), com 1.130 votos; Isaque Demani (PP), com 1.125 votos; Cascão do Povo (Patriota), com 1.052 votos; Vanderleia Lima (PP), com 1.024 votos; Priscilla Pitta (Cidadania), com 920 votos; Professor Andre (PL), com 818 votos; Claudio Leandro (PL), com 814 votos; Repórter Maicon Queiroz, (PSC), com 783 votos; Wellington Moreira (PSL), com 751 votos; José Roberto Pacheco Folly (PSC), com 750 votos; Max Bill (Avante), com 599 votos; José Carlos Schuvalwb (PRTB), com 497 votos; e Walace Piran (PSDB), com 496 votos.

A lista indica que os partidos que mais conquistaram cadeiras na Câmara de Nova Friburgo foram o PSB, DC, PP, PL e PSC, com dois vereadores eleitos cada, e o Patriota, PDT, PT, Republicanos, Cidadania, PROS, MDB, PSL, Avante, PRTB e PSDB, com um representante cada. Como a partir dessas eleições municipais não houve coligação nas candidaturas para vereador, os primeiros suplentes que cada eleito será o segundo (ou no caso de PSB, DC, PL e PSC terceiro) candidato(a) mais votado(a) no pleito.

Historicamente os suplentes também são diplomados na mesma solenidade, no entanto, a Justiça Eleitoral ainda não definiu se o fará em 2020. De qualquer forma, os 16 partidos que conquistaram cadeiras na Câmara para a próxima legislatura terão os seguintes primeiros suplentes (vereador que assume a vaga do titular nos casos em que este assume algum cargo no Executivo Municipal, de renúncia ou morte, por exemplo):

Norival (PT); Pastor Wallace (Republicanos); Renato Abi Râmia (PDT); Professor Pierre Moraes (PSB); Toninho Despachante (PROS); Luciana Pires (MDB); Maicon Gonçalves (DC); Alcir Fonseca (PP); Dr. Maicon Frattani (Patriota); Marcio Damazio (Cidadania); Nathalia Palquinho (PL); Chico Barros (PSC); Paulinho da Máquina (PSL); Reginaldo Moraes (Avante); Sensei Junior (PRTB); Fabio Larica (PSDB).  

 

LEIA MAIS

Outros seis integrantes também tiveram seus nomes confirmados, revela Massimo

Em janeiro de 2021, tragédia climática que abalou Nova Friburgo completará dez anos

Contrato com a empresa que presta o serviço termina em 31 de dezembro e será necessário fazer um emergencial para evitar desabastecimento

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra