Policiais civis de folga prendem em flagrante autor de três furtos no Laje

Homem foi identificado por uma tatuagem no braço mostrada pelo sistema de câmeras de segurança da instituição
segunda-feira, 06 de abril de 2020
por Jornal A Voz da Serra
O Laje (Arquivo AVS)
O Laje (Arquivo AVS)

Policiais civis lotados na 151ª DP, de Nova Friburgo, prenderam na madrugada do último sábado, 4, em flagrante, um homem acusado de cometer três furtos recentemente no Lar Abrigo Amor a Jesus (Laje), no bairro Lagoinha. O primeiro no dia 13 de fevereiro, o segundo em 3 de março e o último neste sábado, quando foi detido logo após o delito. Ele foi identificado devido a uma tatuagem no braço flagrada pelo sistema de câmeras de segurança do Laje e admitiu ser autor dos três crimes.

Segundo informações passadas pela 151ª DP, o furto foi percebido pela direção do Laje através de monitoramento online em tempo real e comunicado a dois policiais civis, que estavam de folgas, mas fizeram contato com a delegacia solicitando reforço. Como o autor do furto já havia deixado o local, os policiais civis fizeram buscas pelo entorno até abordarem o acusado próximo a sede do Ministério Público, na Avenida Rui Barbosa, no Centro.

Indagado pelos policiais civis, o acusado admitiu ser o autor dos três furtos e entregou um carrinho com os itens que haviam acabado de ser furtados: um fogão de quatro bocas; dois pares de sapato; dois sacos de macarrão; um saco de açúcar; seis ovos; um saco de leite em pó, um saco de polpa de fruta, um saco de linguiça, quatro sacos de café. Também foi apreendido com ele uma serrinha, uma faca e um martelo que, segundo o autor, eram utilizados por ele para invadir os locais.

O fato foi apresentado na 151ª DP, onde o caso foi registrado e o acusado permaneceu preso aguardando transferência para um presídio na capital.

 

LEIA MAIS

Pelo menos 20 celulares que estavam em uma vitrine foram levados

Ele também é acusado de outros furtos na cidade e já tem 13 anotações criminais

Homens confessaram que levaram uma televisão do imóvel, e ainda disseram que venderam o aparelho por R$ 150

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Furto