Patrimônio friburguense, Dona Detinha faz 103 anos

Filha da icônica Madame Sofia, ex-costureira e ex-telefonista marcou época
sexta-feira, 04 de setembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Dona Detinha lendo A VOZ DA SERRA: sem óculos
Dona Detinha lendo A VOZ DA SERRA: sem óculos

Chegar aos 103 anos com vitalidade, simpatia e bom humor é uma conquista e tanto. E a querida senhora Rosália Villaça, a Dona Detinha, pode orgulhar-se disso. Nesta sexta-feira, 4, os parabéns em coro vão para ela por conta dessa celebração especial.

A aniversariante impressiona por sua bonita história de vida. Costureira de grande talento, especializou-se na confecção de roupas finas, principalmente vestidos. Por décadas, suas criações integraram o vestuário de muitas mulheres da sociedade friburguense. 

Viúva de Teleco, jogador do antigo Esperança, Dona Detinha também marcou época como telefonista, e sua voz tornou-se padrão no teleatendimento da antiga Companhia Telefônica de Nova Friburgo.

Sempre atenta e cheia de amigos, até hoje ela se mantém atualizada sobre os acontecimentos da cidade lendo sempre A VOZ DA SERRA, e com a proeza de não precisar de óculos. 

Homanagem do Massimo

Patrimônio vivo de Nova Friburgo, Dona Detinha é filha da icônica Madame Sofia e mãe da gloriosa Wilma Villaça, lembra a coluna do Massimo. Uma mulher que ainda bebezinha sobreviveu ao terrível surto da gripe de 1918, e que há de fazer o mesmo com a Covid-19.

Anos atrás, quando questionada pelo colunista sobre qual seria o segredo de sua impressionante longevidade, Detinha não teve dúvidas: “Fazer exercícios e comer pouco”.

Lúcida, forte, bem-humorada, inspiradora, Detinha é a própria imagem da sabedoria, da vida saboreada como o privilégio que é, e dedicada ao que verdadeiramente importa.

Nesta ocasião especial, nossa equipe deseja à aniversariante saúde, paz e felicidades. Salve!    

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: