Ocupação de hotéis neste feriadão é de apenas 55% em Friburgo, diz ABIH-RJ

Média no estado, que chegou a 80% no passado, caiu para 51%
sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Ocupação de hotéis neste feriadão é de apenas 55% em Friburgo, diz ABIH-RJ

Nesta sexta-feira, 12, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) divulgou a ocupação para o feriado de carnaval no interior do estado. Até o momento, a rede hoteleira registra uma média de 51% dos quartos reservados, sendo o período pesquisado de 12 a 15 de fevereiro. No ano passado, a ocupação chegou a registrar média de cerca de 80%.

Segundo a associação, a cidade mais procurada pelos visitantes é Paraty, com 74%, seguida pelos municípios de Macaé (65%), Valença/ Conservatória (62,13%), Petrópolis (55,29%), Nova Friburgo (55%), Teresópolis (52,80%), Angra dos Reis (52%), Cabo Frio (40,50%), Vassouras (40,08%), Búzios (40%), Itatiaia/ Penedo (37,06%) e Arraial do Cabo (29,25%).

“Embora, os números estejam abaixo do que registrávamos anteriormente, por conta do recrudescimento da pandemia, estamos confiantes de que a vacinação possibilitará uma retomada gradual e segura para todos. Neste Carnaval, os meios de hospedagem da região estão com pacotes atrativos e há uma maior procura por resorts, devido a localização mais afastada dos grandes centros urbanos e por oferecer uma gama de serviços”, ressalta o presidente da ABIH-RJ, Paulo Michel.

LEIA MAIS

Objetivo é restringir a chegada de turistas e o ir e vir desnecessário de moradores

Novidade tem por objetivo conter o fluxo de turistas, caso os feriadões de abril sejam antecipados no estado

Decreto em vigor permite hospedagens, bares, restaurantes e shows até na bandeira vermelha, em distritos turísticos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Turismo