Mutirão no Hemocentro atraiu 86 voluntários no último sábado

Desse número, 55 friburguenses doaram sangue pela primeira vez
terça-feira, 28 de junho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Henrique Pinheiro
Foto: Henrique Pinheiro

No último sábado, 25, foi promovido um mutirão de doação de sangue no Hemocentro Regional Enfermeira Cássia Viviane Kale Martins de Nova Friburgo, com o objetivo de aumentar o estoque da unidade. A ação solidária ocorreu pela manhã e atraiu 86 voluntários que foram até o hemocentro participar da boa ação. Desse número, 55 doaram sangue pela primeira vez.  

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Friburgo pretende realizar outros mutirões de doação de sange e conta com a colaboração da população para continuar participando, já que o hemocentro abastece a rede pública e privada de Nova Friburgo e mais 15 municípios da Região Serrana.

O hemocentro regional funciona anexo ao Hospital Municipal Raul Sertã e recebe voluntários para doação de sangue, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30. 

Quem pode doar

Pessoas de 16 a 69 anos (menor de idade deve estar acompanhado do responsável e para doar pela primeira vez precisa ter no máximo 60 anos), tem que estar em boas condições de saúde, estar descansado e alimentado, pesar mais de 50 quilos e apresentar os documentos necessários, como um original com foto.

Quem for doar sangue não deve ingerir alimentos gordurosos ou derivados de leite um dia antes da doação. Não pode doar sangue quem possui ou já teve alguma doença, como, por exemplo, hepatite, malária, Aids, Doença de Chagas e Mal de Parkinson. Também não pode doar sangue quem é usuário de drogas ilícitas injetáveis. 

Há alguns fatores que impossibilitam, temporariamente, a doação, são: estar grávida ou amamentando, ter sofrido aborto ou ter tido parto recente, ter feito tatuagem em menos de 12 meses, ter realizado endoscopia ou colonoscopia em menos de seis meses e ter tido gripe ou Covid-19 em menos de 15 dias.

 

LEIA MAIS

Pesquisadores concluem que pessoas jovens e saudáveis conseguem proteção duradoura após a terceira

Além da pólio e mais 18 doenças, Covid-19 e influenza são alvos dos imunizantes disponíveis para todas as idades

Na ação de combate à pólio e atualização das cadernetas das crianças, também haverá aplicação contra a Covid-19 para todos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde