Motociclista fica ferido após colidir em obra de traffic calming

Segundo testemunhas, trecho da Avenida Euterpe Friburguense estaria mal sinalizado
terça-feira, 28 de janeiro de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
A moto caída (Foto de leitor)
A moto caída (Foto de leitor)

Um acidente assustou e revoltou demais motoristas e moradores da Avenida Euterpe Friburguense, no Centro, no fim da noite de segunda-feira, 27. Um motociclista colidiu violentamente contra uma pilha de blocos de pisos intertravados de concreto que estão sendo utilizados para a construção de mais uma passagem elevada para pedestres, conhecida como “traffic calming”, próximo a um posto de combustíveis.

Após a batida, a vítima, um idoso de 73 anos, foi arremessado a cerca de três metros do local e ficou gravemente ferido, segundo o 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros. Ele foi socorrido por uma equipe da corporação militar e encaminhado ao Hospital Municipal Raul Sertã. Não foram fornecidas informações sobre o seu estado de saúde.

Falta de sinalização

Devido a obra, o trânsito no local está sendo escoado desde segunda-feira em duas faixas de rolamento e, segundo testemunhas do acidente, o trecho estaria mal sinalizado, o que pode ter contribuído para o acidente, que ocorreu à noite, período em que a visibilidade fica reduzida. A Prefeitura de Nova Friburgo, no entanto, informou, em nota, que, “o local está devidamente sinalizado, porém, será feita uma ampliação da mesma pela Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana. Também estão sendo verificadas imagens do acidente registradas por alguma câmera nas imediações”.

A obra no local foi iniciada na última terça-feira, 21, e deveria ter sido finalizada até o fim da semana passada, conforme previsto inicialmente pela prefeitura. Ainda segundo a nota enviada pela prefeitura, a obra segue o cronograma normal, mas devido a chuva da última sexta-feira, 24, foi preciso alongar o prazo de conclusão, previsto agora para amanhã, 30.

Mais traffic calmings

As faixas elevadas para pedestres estão sendo instaladas na cidade desde abril de 2018 para facilitar e dar mais segurança nas travessias, além de inibir o excesso de velocidade. Só na General Osório já foram instalados quatro "traffic calmings". A Avenida Conselheiro Julius Arp também conta com dois e Olaria um, em frente ao Posto de Policiamento Comunitário (PPC).

Outra via que irá ganhar uma passagem elevada é a Augusto Spinelli, no cruzamento com a Rua Monsenhor Miranda, próximo ao Colégio Nossa Senhora das Dores, onde a travessia se tornou um perigo após a adoção de mão dupla no trecho.

 

LEIA MAIS

Ponte ameaça desabar. Moradores têm projeto já aprovado pelo Inea para obra, que só depende da prefeitura

Cinco ruas transversais à Comte Bittencourt foram parcialmente interditadas para os trabalhos, que vão até sexta

Governo municipal informa que todos os bairros serão contemplados, mas não estima nem quantos quilômetros serão recuperados

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra | Trânsito | acidente