Friburgo registra nesta quarta a manhã mais fria do estado e do ano

Termômetro oficial de Salinas registrou 3,7 graus e o da Alberto Braune, apenas 1. Conquista teve geada
quarta-feira, 27 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Geada em Conquista na manhã desta quarta (Fotos de leitores)
Geada em Conquista na manhã desta quarta (Fotos de leitores)

A  primeira onda de frio de 2020 fez Nova Friburgo registrar a menor temperatura do Estado do Rio do ano, até agora: 3,7 graus, em Salinas, onde o Instituto Nacional de Meteorologia mantém um termômetro oficial. No Centro de Nova Friburgo, porém, o termômetro digital do início da Avenida Alberto Braune chegou a registrar 1 grau de madrugada. Em bairros como Conquista e Nova Suíça (foto mais abaixo) caiu geada.

A grande forte massa de ar frio, de origem polar, derrubou as temperaturas em vários estados, sobretudo no Sul e no Sudeste.

A semana deve continuar com madrugadas e noites geladas pelo menos até o próximo domingo, segundo as previsões do Instituto Climatempo. As máximas não devem passar dos 15 graus e as mínimas devem girar em torno de 6 graus. Esta sexta-feira, 29, promete ser um dos dias mais frios desta semana. Os dias devem, no entanto, seguir ensolados, com grande amplitude térmica. Para a semana que vem são previstas temperaturas ligeiramente maiores, entre 14 e 22 graus.

LEIA MAIS

Inverno na serra pede lareira em casa. Confira opções de lenhas e lareiras disponíveis no mercado

Queda de temperatura não deve ser das mais intensas, não descendo abaixo dos 13 graus, segundo o Climatempo

Tendência é de apenas duas ondas fortes entre julho e agosto. Julho segue com temperaturas acima do normal, como junho, prevê Somar

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima