Firjan celebra Dia da Indústria lembrando propostas e feitos

Programa Resiliência Produtiva ajuda empresas a superar os desafios desta crise
terça-feira, 26 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Firjan celebra Dia da Indústria lembrando propostas e feitos

No Dia da Indústria, celebrado nesta segunda-feira, 25, a Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) destacou que os desafios dos empresários nestes tempos de pandemia de coronavírus é grande, mas a disposição para superá-los é maior ainda.

A Firjan lembra que, logo no início da pandemia, foi lançado o Programa Resiliência Produtiva para apoiar o setor, com atenção especial para as micro e pequenas empresas no enfrentamento da crise.

O programa inclui:

  • Apresentação de propostas para as esferas de governo, buscando reduzir impaxtos econômicos e sociais, com atendimento de 80% dos pleitos.
  • Realização de testes de Covid-19 em trabalhadores da indústria.
  • Produção de conteúdo de saúde para orientar empresas e trabalhadores.
  • Adequação do portfólio de produtos e serviços do IEL para apoiar líderes, empresários e gestores neste momento de crise.
  • Mobilização unindo empresas, institutos de pesquisa e parceiros como Fiocruz, PUC-Rio e UFRJ para encontrar soluções e produzir itens essenciais à rede de saúde.
  • Produção de mais de 100 mil face shields, 9 mil litros de álcool gel, mais de 90 mil máscaras cirúrgicas e mais de 150 mil aventais de TNT através da parceria dos FabLabs e Institutos Senai de Tecnologia, indústrias e empresas.
  • Disponibilização das unidades Sesi e Senai, bem como os agentes Sesi Cidadania, para levar itens de primeira necessidade a comunidades com pessoas em vulnerabilidade social.
  • Elaboração de Guia de Orientações para garantir a retomada das atividades industriais com segurança para os trabalhadores e suas famílias e a preservação de empregos.

LEIA MAIS

Ao todo, 38,6% dos leitos de enfermaria no município estão ocupados (29 de 75), enquanto os leitos de UTI registram ocupação média de 54,8% (17 do total de 31)

Iniciativa cria centro de pesquisas voltado à indústria têxtil de Friburgo e prevê aprimoramento de respiradores

Comércio de rua pode abrir também neste sábado; bares e restaurantes podem lotar até 70% da capacidade e fechar às 22h

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra