Feriadão da Independência com sol e calor em Friburgo

Garoa vai embora e a partir desta quinta começa a esquentar, com previsão de 31 graus na segunda
quarta-feira, 01 de setembro de 2021
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Ipê amarelo florido em Friburgo (Foto: Adriana Oliveira)
Ipê amarelo florido em Friburgo (Foto: Adriana Oliveira)

O feriadão da Independência será de sol e calor em Nova Friburgo, com máxima chegando a 31 graus na segunda-feira, 6, e mínima não baixando de  12 graus. A chuva deve ir embora da cidade nesta quarta-feira, 1º de setembro, segundo as previsões do Climatempo. Nesta quinta, 2, o sol promete estar de volta.

Setembro, aliás, mês que saúda a chegada da primavera, deve ser de dias mais quentes este ano.  A chuva só deve retornar na segunda quinzena do mês. A primavera começa oficialmente este ano no dia 22, às 16h21, e vai até 21 de dezembro, início do verão.

Nesta primeira quinzena do mês, o tempo deve ficar seco e com temperaturas altas, mas não tão quente quanto no ano passado. Já na segunda metade de setembro, a chuva retorna de forma mais regular e os dias ficam mais abafados.

A infiltração marítima provocada pela última fria explica a garoa fina do início desta semana. No entanto, a partir desta quinta, 2,  o ar seco volta a ganhar força e provoca calor. Com o tempo seco e quente, a concentração de poluentes se intensifica, e os índices de umidade relativa do ar caem de forma significativa.

LEIA MAIS

Friburgo registra mínima de 8 graus em plena primavera, mas sol deve reaparecer aos poucos a partir desta quinta

Áreas de instabilidade impedem sol pleno nos próximos dias. RJ-116 registrou 5 acidentes no fim de semana

Setor hoteleiro registrou média de 65% de ocupação. Expectativa era de 80%, mas mau tempo desanimou os visitantes

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima