Faol entra na Justiça contra redução da passagem

Mandado de segurança é resposta a decreto legislativo da Câmara; MP também entrou com ação
quinta-feira, 17 de setembro de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Passageira pega ônibus em Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)
Passageira pega ônibus em Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)

Na noite desta quarta-feira, 16, a Faol,  concessionária responsável por realizar o transporte público em Nova Friburgo, entrou com um mandado de segurança contra a Câmara de Vereadores por conta do decreto legislativo que, dia 4 passado, determinou a redução da passagem dos ônibus dos atuais R$ 4,20 para R $3,95.

A informação foi confirmada pelo Ministério Público do Rio, que disse ainda que o pedido já foi ajuizado. A Justiça ainda não analisou e a situação segue indefinida.

No início desta semana, o próprio MP, através da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Nova Friburgo, instaurou inquérito civil público, a partir de representação  enviada pelo vereador Marcinho Alves, para apurar o porquê da demora do cumprimento do decreto. Foram oficiados a Faol, a prefeitura e a Câmara para se manifestarem, em até 30 dias, sobre os fatos.

A empresa de ônibus, no entanto, continua a cobrar o valor de R$ 4,20 e afirma que precisa receber ainda um comunicado oficial da prefeitura. Na última semana, a concessionária informou ainda que, após receber esse comunicado, terá que enviar um ofício à RioCard comunicando a redução da tarifa e o novo valor. Concluída essa etapa, a RioCard - que opera os cartões vale-transporte - fará a alteração e, aí sim, o usuário passará a pagar R$ 3,95.

O vereador vai se reunir com a Procuradoria Geral da Câmara para saber as medidas a serem tomadas. Leia mais detalhes sobre o caso na edição impressa desta sexta-feira.

 

LEIA MAIS

Lei pretende difundir o uso das bikes e promover a conscientização da importância da circulação sobre duas rodas

Apenas o Bradesco enviou representante, mas não apresentou proposta

Concessionária sem contrato, Faol foi a única empresa a participar do pregão e preferiu não apresentar proposta

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra