Este sábado é mais um Dia D de vacinação contra o sarampo

Público-alvo agora é mais amplo, de 5 a 59 anos; Friburgo já tem 5 casos confirmados e mais de 40 em investigação
quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Este sábado é mais um Dia D de vacinação contra o sarampo

Acontece neste sábado, 15, das 9h às 16h, mais um Dia D de mobilização de vacinação contra o sarampo. A nova campanha nacional lançada pelo Ministério da Saúde será realizada também em Nova Friburgo e tem como conceito “Mais proteção para a sua família”. As autoridades de saúde querem sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, reforçando que o sarampo é uma doença grave e que pode matar. Nesta etapa, a convocação será para mais de três milhões de pessoas  na faixa etária de 5 a 19 anos. Além do Dia D, a vacinação continuará nos postos de saúde até 13 de março. 

“É importante que as pessoas entendam as consequências de não se vacinar contra o Sarampo, que é um vírus de alta transmissibilidade, podendo uma pessoa infectada contaminar mais 18 pessoas. Por isso, os responsáveis devem ficar atentos e levar as crianças para tomarem a dose da vacina, que é gratuita. Também, nesse momento, os gestores estaduais e municipais de saúde devem unir forças para deixar o Brasil novamente livre da circulação do Sarampo”, destacou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Para a representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, Socorro Gross, a vacinação junto com o aleitamento materno são as intervenções mais efetivas para proteger as crianças de doenças. “A responsabilidade da vacinação deve ser compartilhada entre o governo, os profissionais de saúde e toda a população. Todos devem trabalhar para que o Brasil se livre do Sarampo, e a única maneira de nos proteger é manter as vacinas em dia. As vacinas são seguras e a população tem que acompanhar e apoiar esse movimento”, disse Gross.

Onde se vacinar 

A vacinação será oferecida neste sábado em Friburgo nas seguintes unidades de saúde: Policlínica Sylvio Henrique Braune (Suspiro); postos de saúde Waldyr Costa (Conselheiro Paulino) e Tunney Kassuga (Olaria) e unidade básica de saúde José Copertino Nogueira (São Geraldo).

É importante que todos compareçam com o cartão de vacina em mãos para conferência. É necessário que cada pessoa receba ao longo da vida duas doses da vacina. Quem não tem o cartão precisa comparecer aos postos de saúde ou ESFs para atualizá-lo.

Casos em Friburgo 

A Secretaria de Saúde de Nova Friburgo informou na quarta-feira, 12, que subiu para cinco os casos confirmados de Sarampo no município, e para 44 os casos em investigação. Das 50 notificações de casos suspeitos na cidade, apenas uma foi descartada. Os casos confirmados são moradores dos bairros Olaria, Cascatinha e São Geraldo, além do Centro e distrito de Conselheiro Paulino. São quatro homens e uma mulher.

Entre os casos suspeitos, são 25 homens e 19 mulheres, seis do bairro Cônego e sete de Olaria. Entre eles, há quatro bebês e a grande maioria (32) tem entre 29 e 39 anos.

A doença

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte. A doença pode ser evitada com a vacina tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Ela é aplicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Até os 29 anos, a recomendação é tomar duas doses do imunizante. Entre 30 e 59 anos, a pessoa deve ser vacinada uma vez. Para quem não sabe se já tomou o número adequado de doses, a orientação é se imunizar.

Pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, conseguiram mostrar que o vírus do sarampo pode apagar, em média, 20% da memória imunológica do nosso organismo. Isso significa que pessoas que contraíram o vírus do Sarampo têm risco aumentado de terem outras doenças infecciosas, inclusive doenças que o organismo já havia criado defesas. É como se o vírus do Sarampo fosse a chave para liberar a entrada para novas doenças. 

Vacinar é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o governo federal em parceria com os estados e municípios estão unindo esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. A faixa etária de 20 a 29 anos concentra a maior parte desses brasileiros (35%).

 

LEIA MAIS

De segunda até o outro domingo, 16, valem no município as mesmas restrições que já estavam em vigor. Total de casos de Covid-19 passa de 1.500

Estudo da FGV destaca a pobreza e a desigualdade do país

Banco reforça que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde | vacina