Engavetamento dá susto e nó no trânsito da avenida

Carro ocupado por família ficou espremido entre carreta e caminhão; ninguém saiu ferido
segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
O carro espremido entre os dois caminhões (Fotos de Henrique Pinheiro e de leitores)
O carro espremido entre os dois caminhões (Fotos de Henrique Pinheiro e de leitores)

Um engavetamento envolvendo um caminhão, uma carreta e um pequeno automóvel deu um nó no trânsito da Avenida Comte Bittencourt, pouco depois do número 114, na tarde desta segunda-feira, 22. O carro, um Fiat Uno, ficou espremido entre os dois caminhões, mas nenhum dos ocupantes do veículo - um jovem casal com suas duas filhas - ficou ferido.

Uma das meninas teve apenas leves escoriações no supercílio, ao bater com a testa no encosto de cabeça do banco da frente. Por precaução, todos foram levados de ambulância para uma unidade de saúde.

Os motoristas dos dois caminhões também escaparam ilesos.

A poucos metros do acidente, uma placa alerta que é proibido caminhões trafegarem pela faixa da esquerda, onde ocorreu a colisão.

O acidente teria sido causado, segundo uma das testemunhas, por um travamento do sistema de freio do caminhão da frente. As equipes de resgate, incluindo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, chegaram em poucos minutos. O trânsito foi desviado por agentes da Smomu para a Rua Ernesto Brasílio, que operou na contramão para desafogar o fluxo da avenida.

A violência do choque causou grande susto nos moradores e frequentadores dos prédios comerciais em frente.

Veja mais fotos na galeria abaixo.

LEIA MAIS

Homem e mulher foram encaminhados para o hospital com ferimentos leves

Caminhões bateram de frente na Ponte da Saudade, interditando rodovia e causando retenções até a noite

Reportagem de 2019 já mostrava mau estado de conservação de piso de madeira na Vila Amélia, com tábuas soltas e acidentes causados por buracos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: acidente