Encosta em risco no Jardim Califórnia interdita 70 casas e deixa 280 desalojados

Segundo a prefeitura, famílias estão sendo cadastradas, já receberam kits de higiene e cestas básicas e algumas também terão direito a aluguel social
sábado, 21 de novembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A encosta após o deslizamento (Fotos de leitores)
A encosta após o deslizamento (Fotos de leitores)

As fortes chuvas que caíram sobre Nova Friburgo entre a última segunda-feira, 16, e quarta-feira, 18, causou e ainda vêm causando uma série de transtornos a muitas famílias friburguenses, sobretudo no bairro Jardim Califórnia, no distrito de Conselheiro Paulino. A Defesa Civil teve que interditar 70 imóveis - onde residem aproximadamente 280 pessoas - localizados nas ruas José Rodrigues Correia e Ercílio Guimarães de Souza, ambas no Jardim Califórnia.

Uma barreira que deslizou durante o temporal da última segunda-feira ameaçava cair ainda mais, o que poderia atingir dezenas de residências, colocando centenas de pessoas em risco. Na última segunda, devido às chuvas, a Defesa Civil já havia interditado quatro imóveis (três deles habitados) nos bairros Alto do Floresta, Jardim Ouro Preto, Girassol e Jardim Califórnia, todos no distrito de Conselheiro Paulino. 

Procurada por A VOZ DA SERRA, a Prefeitura de Nova Friburgo se manifestou através de nota informando que “a equipe da Secretaria de Assistência Social esteve no local na última quinta-feira, 19, durante toda a tarde, e o telefone do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) foi disponibilizado para todos, inclusive no grupo de WhatsApp das ruas atingidas”. 

Ainda segundo o Governo Municipal, “grande parte dos moradores já estão cadastrados. somente na quinta-feira  foram feitos 58 cadastros. Além disso, 50 kits de higiene e cestas básicas foram entregues para as famílias. Algumas não estavam em casa, porém, na segunda-feira, 23, a Secretaria de Assistência Social retornará ao bairro. Também na segunda serão iniciados os processos de aluguel social, já que os cadastros precisam ser efetuados também para esta finalidade”.

A nota enviada pelo Executivo Municipal informa ainda que algumas pessoas dos 70 imóveis interditados foram para a casa de parentes, enquanto outras se recusaram a sair de suas residências. Sendo assim, ainda de acordo com a prefeitura, o Ponto de Apoio do bairro está disponível e preparado com camas, colchões, cobertores, álcool em gel e material de limpeza, para receber estas pessoas em caso de chuva mais forte. O telefone do Cras para qualquer dúvida ou necessidade da população é o (22) 99781-8124.

Relembre os transtornos causados pela chuva

O temporal da última segunda-feira, 16, causou alagamentos e destelhou postos de gasolina, principalmente no distrito de Conselheiro Paulinho. Houve relatos até de chuva de granizo na região da UPA, segundo a filial Nova Friburgo da Cruz Vermelha Brasileira. A Rua Lafayette Bravo Filho, também no sexto distrito, virou um rio, segundo internautas que compartilharam fotos e vídeos nas redes sociais e também no Whatsapp de AVOZ DA SERRA (envie também o seu flagrante, sugestão, denúncia ou elogio para o número (22) 99213-9995).

Entre às 10h de segunda e às 10h da última terça-feira, 17, a precipitação média na cidade foi de 12,13 milímetros. A precipitação máxima foi registrada no distrito de Riograndina, com 38,59 milímetros de chuva. Já a precipitação mínima foi registrada no bairro Cardinot, próximo à RJ-130 (Terê-Fri), com apenas 7,87 milímetros de chuva. 

Como fica o tempo

O Climatempo prevê tempo chuvoso em Nova Friburgo durante todo este fim de semana. Uma frente fria avança da Região Sul e provoca mudanças nas condições de tempo nos próximos dias, com risco para temporais no Sudeste. A temperatura também deve cair no decorrer da semana.


 

LEIA MAIS

Previsão para Friburgo é de sol pleno, sem chuva, a partir desta quinta

Sem resfriamento das águas, abril já deve começar ensolarado, prevê Climatempo

Há chances de severas tempestades até esta quarta. Duas Barras sofreu com temporal de madrugada

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima