Dia D da multivacinação infantil teve adesão abaixo do esperado

Pais que deixaram de colocar a caderneta dos filhos em dia no sábado ainda podem procurar os postos de saúde
quarta-feira, 20 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Dia D da multivacinação infantil teve adesão abaixo do esperado

Tão falada nos últimos tempos, a “vacina” passou a ser o desejo de muitos em todo o mundo. Trata-se da vacina contra a Covid-19. Mas, ela não é a única ofertada pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).  E, desde que a pandemia da Covid-19 começou, muitos deixaram de tomar os imunizantes já existentes e que já ajudaram a erradicar várias doenças em todo o mundo. Por isso, o Ministério da Saúde lançou o Dia D de Vacinação, para que crianças e adolescentes tenham suas vacinas atualizadas e a possibilidade de se imunizar contra doenças tão graves quanto a Covid-19. 

Mas, em Nova Friburgo a adesão ao movimento, que aconteceu no último sábado, 16, foi abaixo do esperado. De acordo com dados preliminares da Secretaria Municipal de Saúde, apenas 423 crianças foram levadas aos postos.

Em nota, a prefeitura informou que “mesmo ainda sem os dados consolidados, a Secretaria Municipal de Saúde avalia que a procura foi abaixo do esperado no Dia D de Multivacinação Infantil. Porém, reforça que a aplicação dos imunizantes acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, nas unidades básicas de saúde (UBS).”

A vacina contra gripe, que sempre teve boa adesão dos públicos alvos, também está com baixa procura, de acordo com a Secretária Municipal de Saúde. Esse ano, a vacina contra a gripe está disponível para toda a população, independente da idade. A prefeitura, através de nota informou que “a baixa procura se deve também à exigência anterior de manter o prazo de 15 dias entre as aplicações dos imunizantes contra a Covid-19 e o vírus Influenza. Agora, de acordo com nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde, esse intervalo não precisará mais ser cumprido e, assim, espera-se que a procura aumente.

 

LEIA MAIS

Em casos de resultado positivo, o tratamento é integralmente oferecido pelo SUS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Será aplicada a primeira dose em adolescentes a partir de 12 anos e em adultos a partir dos 18

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde | vacina