Detro faz 5 autuações por irregularidades em ônibus intermunicipais em Friburgo

Entre os problemas encontrados estão não cumprimento do quadro de horários, alteração ou descumprimento do itinerário autorizado e paralisação de linhas
quarta-feira, 04 de agosto de 2021
por Jornal A Voz da Serra
A fiscalização do Detro (Divulgação)
A fiscalização do Detro (Divulgação)

O Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) aplicou 293 multas em julho em operações de fiscalização em transportes intermunicipais. Desse total, 185 foram registradas em ônibus, 19 em vans intermunicipais e 89 em veículos particulares flagrados realizando transporte remunerado sem autorização do poder concedente.

Em Nova Friburgo foram aplicadas pelo órgão cinco multas no mês passado, todas após a constatação de irregularidades em coletivos da empresa Expresso Brasil Transporte e Turismo, que opera linhas que ligam Nova Friburgo a municípios das regiões Centro-Norte, Noroeste e Norte do estado, e Além Paraíba (MG). Entre as irregularidades, estão o não cumprimento do quadro de horários, alteração ou descumprimento do itinerário autorizado e paralisação de linhas por 24 horas.

Além de Nova Friburgo, os municípios que mais registraram autuações em operações recentes do Detro foram: Rio de Janeiro, São Gonçalo e Niterói, além de Nova Iguaçu e Duque de Caxias, na Baixada Fluminene. As ações tiveram o objetivo de verificar a qualidade dos serviços prestados pelos ônibus e vans intermunicipais, além de coibir o transporte de passageiros sem autorização do poder concedente.

As principais irregularidades flagradas em ônibus foram: não cumprimento do quadro de horário; mau estado de conservação; ausência de documento de porte obrigatório; descumprimento das normas sanitárias e de questões relacionadas à acessibilidade. Os usuários das linhas intermunicipais podem denunciar irregularidades pelo e-mail ouvidoria@detro.rj.gov.br ou pelo WhatsApp Fale Detro (21) 9 8596 8545. Além das ações de inteligência, as informações ajudam a nortear as fiscalizações.

 

LEIA MAIS

Juiz dá prazo de 72h, após notificação, para o presidente da Câmara e a presidente da comissão se manifestem

Decisão para que ocorra junto com a dos motoristas de aplicativos atende a uma reivindicação de sindicato

Valor da passagem permanecerá em R$ 4,20, com subsídio de R$ 400 mil mensais pagos à concessionária

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Transporte