Campeonato Friburguense de Kart Amador 2020 define vencedores

Temporada de 2021 começa já no final deste mês de março, com recorde de pilotos
sexta-feira, 12 de março de 2021
por Vinicius Gastin
Fotos de Ariane Zebende
Fotos de Ariane Zebende

Dentre tantos talentos que foram às pistas, três deles foram condecorados como os grandes campeões do Campeonato Friburguense de Kart Amador 2020/21. Adilson Mozer, Thiago Emmerick e Rodrigo Villaverde  foram os mais regulares durante a temporada, e desta forma faturaram os títulos das respectivas divisões. A competição terminou no último domingo, 28 de fevereiro, quando foi promovida a 10ª e última etapa promovida no Kartódromo Internacional de Guapimirim.

O campeonato foi dividido em quatro divisões com peso de lastro único: 90 quilos. Na Divisão 1, Adilson Mozer foi o grande campeão, com 96 pontos, seguido por Henrique César Abrantes, 82, e Kleber Tavares, com 74. Já na Divisão 2, Thiago Emmerick marcou 135 pontos e levou a taça. Deivid Aljava, com 122, e Luiz Affonso, 114, completaram o pódio da categoria. Na 3, Rodrigo Villaverde somou 192 pontos e faturou o título, tendo as companhias de Denilton Mozer (186) e Ademir Mozer (172) nas primeiras posições respectivamente.

Os três primeiros colocados de cada categoria serão premiados com troféus, a serem entregues no próximo dia 21 durante a realização da primeira etapa do Campeonato Friburguense de Kart Amador 2021. “A gente sempre realiza a entrega durante uma confraternização, mas por conta da pandemia, resolvemos fazer dessa forma. Fazer um evento seria muito complicado”, explica Kleber, piloto e um dos principais mentores do evento.

Com a reabertura do Kartódromo de Guapimirim, a competição foi retomada no dia 5 de julho. O calendário foi esticado para adaptar a competição, após mais de 100 dias de inatividade. As baterias passaram a ter duração de 30 minutos ao invés de 20, com os dez minutos adicionais reservados para a higienização dos karts, sorteio e preparação dos pilotos com distanciamento social.

“Foi uma temporada muito desafiadora. Ficamos parados por conta das restrições, retornamos em julho e por isso a competição só terminou em fevereiro. Este ano, a nossa temporada começa em março e vai a dezembro. O campeonato de 2020 foi muito bom, houve evolução dos pilotos e uma maior integração entre eles. Infelizmente muitos deles desistiram, por conta da pandemia, e tivemos a perda do nosso vice-presidente da Associação, Leonardo Mesquita, para quem fizemos uma homenagem. Tudo foi muito pesado e também emocionante”, resume Kleber.

Expectativa boa para 2021

Encerrado o campeonato de 2020, a expectativa para esta temporada vem recheada de aspectos positivos. As inscrições para as Copas Júnior (voltada a adolescentes entre 12 e 17 anos), Caledônia (para pessoas entre 18 e 70 anos) e Campeonato Friburguense de Kart Amador estão encerradas, com número recorde de participantes. Serão 62 pilotos, sendo três mulheres, duas a mais que em 2020.

Dentre as várias novidades programadas, haverá o campeonato por equipes, além do individual com duas divisões, reunindo 21 pilotos cada. Houve o reagrupamento dos participantes para esta “redução”, e as equipes carregarão nomes de antigos esquadrões históricos do automobilismo.

“Foi um grande sucesso, e não esperávamos esse crescimento, por conta da pandemia, crise na saúde e economia. Então, durante 2020, girou em torno de 50 pilotos, mas em termos de frequência, ficava entre 40 e 45. Para este ano houve uma renovação e há pilotos vindos de outro município, à exemplo de Magé, Rio de Janeiro, Niterói, Cachoeiras de Macacu e Rio das Ostras, por exemplo. A nossa associação está crescendo e sendo muito bem comentada pela nossa organização”, pontua Kleber Tavares.

Para o meio do ano, outra novidade será o Campeonato de Endurance, contando pontos para a competição geral de pilotos. Será uma espécie de etapa de resistência, e no final do ano, serão premiados os três primeiros no Individual de cada divisão e também as melhores equipes. Haverá medalhas para os sete melhores de cada etapa.

“Para este ano também voltamos com o FKC (Friburgo Kart Clube). A AFK (Associação) vai fazer campeonatos de importância, à exemplo de um interclubes. Já o FKC será um clube associado, como qualquer outra pessoa poderá criar outro clube para fornecermos toda a questão de premiação, regulamento e outros aparatos. O staff da AFK é composto por nove pessoas que dedicam muita parte do tempo para a associação, e que tem como benefício ser reconhecido como um dos mais organizados grupos de kart amador do Estado do Rio”, conclui.

A criação da Copa Caledônia também se insere neste contexto. O FKC vai dar respaldo a esses novos pilotos, iniciantes, durante as dez etapas da competição. Os três primeiros desta categoria sobem para a divisão dois, e os três piores da modalidade dois, descem para a Caledônia. Há jovens com 13, 14 e 17 anos de idade. O Kart cresce, se consolida, integra e revela novos valores em Nova Friburgo.

 

  • Adilson Mozer levou a melhor na Divisão 1e subiu ao lugar mais alto do pódio

    Adilson Mozer levou a melhor na Divisão 1e subiu ao lugar mais alto do pódio

  • Thiago Emmerick foi o grande campeão da Divisão 2 do Campeonato 2020

    Thiago Emmerick foi o grande campeão da Divisão 2 do Campeonato 2020

  • Mais regular dentre todos os pilotos, Rodrigo Villaverde foi o vencedor da Divisão 3

    Mais regular dentre todos os pilotos, Rodrigo Villaverde foi o vencedor da Divisão 3

LEIA MAIS

Enquanto a temporada de 2021 termina, planejamento para o próximo ano está quase pronto

Equilíbrio faz com que os pilotos se revezem a cada rodada nos lugares mais altos do pódio

Agrupamento por equipes gera em 2021 uma competição à parte

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: kart