Atleta de karatê de Madalena vai ao pódio em competição virtual

Willian de Souza conquistou medalha de bronze na modalidade “kata”. Outra competidora brasileira foi a Mariana Oliveira
sexta-feira, 11 de setembro de 2020
por Vinicius Gastin
No campeonato virtual, os atletas gravam as participações e são avaliados por juízes especializados
No campeonato virtual, os atletas gravam as participações e são avaliados por juízes especializados

O campeonato pode ser virtual, mas a presença dos atletas de Santa Maria Madalena pôde ser sentida e notada com o belo desempenho e a conquista de excelentes resultados. E o detalhe é que os lutadores de karatê do município serrano foram longe, mesmo à distância, ao participarem da 1ª edição do OTW Kata Championship, promovida no último fim de semana em Malta, na Itália. A competição reuniu cerca de mil atletas, de pelo menos 40 países espalhados pelo mundo.

Os atletas madalenenses Willian de Souza e Mariana Oliveira foram dois dos representantes da região e do Brasil. No caso do jovem atleta, de 27 anos, a medalha de bronze veio na modalidade “kata”, uma espécie de luta virtual.

“Após dois dias de competição, nós recebemos a notícia, através do site organizador do evento, que o Willian alcançou mais um pódio, ficando atrás apenas de um atleta da Áustria e outro do Canadá. Desta forma, atingiu o terceiro lugar no Mundial”, explica Willian Reigoto Teixeira, o professor Mano. “O kata é uma forma, dentro de cada graduação. O aluno vai aprendendo com o passar do tempo, e cada um tem um grau de dificuldade maior. A modalidade exige bases, postura, energia, equilíbrio, destreza, técnica e concentração. É dividida por idade, sexo e graduação”, explica Teixeira.

Na competição virtual, os atletas gravaram os próprios vídeos em casa e encaminharam para a avaliação do professor Mano. Após análise e aprovação, as imagens foram enviadas para os organizadores do evento. Uma comissão de juízes, formada por atletas faixa-pretas foi montada para julgar o desempenho de cada lutador. Depois desse processo, os professores recebem os certificados de participação e também de premiação, no caso daqueles que ficaram entre os melhores colocados.

“O Willian é muito dedicado. Treina todos os dias. Parabenizo também a Mariana, que apesar de não ter conquistado o pódio, é uma excelente atleta, dedicada e muito competente”, finaliza.

Karatê forte na região

Há cerca de quatro meses, Willian e Mariana, acompanhados de Raylla Motta e Kyara Motta, participaram no Campeonato Mundial de Artes Marciais On-line. Na ocasião, William, Raylla e Mariana avançaram para as semifinais, puderam gravar novas participações e o talentoso rapaz consagrou-se como um dos campeões da categoria PCD (atletas especiais) – sendo o único brasileiro qualificado para subir no “pódio virtual”.

Raylla Motta foi a quinta colocada na categoria até 11 anos e Mariana, nesta mesma posição, se destacou na categoria 12/13 anos. Em Nova Friburgo, um grupo de atletas de karatê foi destaque, recentemente, do 2° Torneio Virtual SKIF Brasil de kata. O município foi representado por 19 atletas, e foi a maior delegação do campeonato. Ao todo, 115 atletas de seis estados brasileiros tiveram a oportunidade de aplicar os movimentos e serem avaliados pelos juízes. O time friburguense terminou na quarta colocação geral por associações, tendo conquistados três medalhas de ouro, quatro de prata e duas de bronze.

Esse foi o segundo torneio virtual promovido pela SKF, uma escola que possui várias filiais espalhadas pelo mundo. A equipe integra, exatamente, uma dessas franquias da SKIF Brasil. Participaram do evento os atletas Miguel Carrielo, Fábio Fernandes, Vanderley Pereira, Jorge Alberto, Bryan de Castro, Edmar Brano, Júnior Pereira, Nayhara Fracacio, Sindy Horrana, André Tavares, Leandro Thomaz, João Luiz Batista, José Emílio André, Alcides Farias, Adriano Gomes, Misael Calazans, Marcelo Pires, Arthur Araújo e Altair Júnior.

Foto da galeria
Jovem e talentoso, Willian fatura pódio em competição de karatê de nível mundial
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: