Alunos de Friburgo representarão o Rio em torneio internacional de robótica

Equipe Tucanus, do Senai e do Sesi da cidade, estará na First Robotics Competition, que reúne competidores de todo o país
quarta-feira, 03 de agosto de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Lucas, aluno do Senai (Divulgação)
Lucas, aluno do Senai (Divulgação)

A equipe Tucanus, composta por 15 alunos do Senai e do Sesi de Nova Friburgo, será a única representante do Estado do Rio  na etapa internacional da First Robotics Competition (FRC), que vai reunir competidores de todo o país, desta sexta-feira, 5, a domingo, 7, no Pier Mauá, no centro da capital fluminense. 

O FRC combina o entusiasmo do esporte com o rigor da ciência e tecnologia. Sobre regras específicas com tempo e recursos limitados, equipes de estudantes do ensino médio são desafiados a construir robôs de tamanho industrial para um jogo de campo complexo em aliança com outras equipes, além de arrecadar fundos para atingir seus objetivos, projetar uma marca de equipe e promover o respeito e a apreciação pelo Stem (abreviação em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) dentro da comunidade local. O tema da temporada FRC 2022 é o Rapid React, que tem como ideia central logística e transporte. 

Além disso, o ensino médio oferecido pelo Sesi proporciona o desenvolvimento de habilidades e competências que vão além do currículo básico e proporciona aos alunos a leitura de mundo frente aos novos desafios. A preparação para a competição começou no início de 2022, com a ajuda de um instrutor do Senai, Fábio Paredes e dois professores do Sesi, Vagner Monteiro e Sâmela Leal. Para essa competição, os alunos da escola passam por um processo seletivo e, ao final, compõem a equipe que irá representar a modalidade na temporada.

“Essa competição é também um diferencial para o aluno ingressar no mercado de trabalho. Aqui, eles passam por todo o processo de criação para a solução do problema que foi apresentado, isso os deixa a um passo à frente para trabalhar na indústria”, ressalta o professor do Sesi de Nova Friburgo, Vagner Monteiro. O aluno Lucas Rodrigues afirma que mesmo que surjam imprevistos na competição, a equipe Tucanus está preparada. 

“O nosso robô está bem estruturado, fizemos vários testes e temos peças para reposição para algum imprevisto. Sabemos que enfrentaremos boas equipes, por isso, estamos mais atentos. Mas também estamos confiantes no nosso time”, disse. 

Tanto o Senai, como o Sesi de Nova Friburgo têm um bom histórico em diversos tipos de competições, já levaram representantes para outras temporadas da FRC e também para a WorldSkills, o que deixa os instrutores cada vez mais engajados para a descoberta de talentos e inovação tecnológica para a indústria. 

“Essa será mais uma oportunidade para mostrar a força da nossa escola e o quanto nos dedicamos em preparar os nossos alunos para se destacarem dentro e fora da unidade”, afirma Fábio Paredes, instrutor do Senai Nova Friburgo. Além da preparação para a competição e o mercado de trabalho, a FRC e o curso técnico do Senai abrem caminhos e quebram tabus. Em lugares normalmente ocupados por meninos, quem também encontrou seu espaço foi a aluna Tainá Martins Macário (acima), do 3º ano, que já decidiu que vai cursar engenharia. 

“A gente sempre vê nas propagandas os meninos ocupando esse espaço da robótica. Quando surgiu a oportunidade do curso, meus pais me deram a maior força e eu passei a me enxergar mais nesse lugar, onde eu posso ser o eu quiser. Além disso, eu vejo que posso ser inspiração para que outras garotas queiram estar aqui e dominar essas áreas e mercados”, finaliza a estudante. 

Seminário Sesi de Educação 

Dentro da programação do Festival Internacional de Robótica, ocorre hoje, 4, das 14h às 18h30, também no Píer Mauá, no Rio, o Seminário Internacional Sesi de Educação. O evento contará com uma roda de conversa onde será debatido como o pensamento crítico e a inovação podem ajudar com novas metodologias de ensino e o futuro da escola e da indústria.

No século 21, para além do uso das tecnologias como ferramentas educacionais, instituições de ensino e profissionais da educação devem saber trabalhar o pensamento crítico como possibilidade de resolver problemas reais e imaginar novos futuros. O evento contará com três painéis onde acontecerão debates e apresentações de cases nacionais e internacionais, que vão auxiliar na busca por inovação em currículos, práticas e ambientes escolares, além de novas maneiras de aumentar o senso de pertencimento de alunos e comunidade escolar. Mais informações no link:  https://www.portaldaindustria.com.br/sesi/canais/torneio-de-robotica/o-festival-internacional/#seminario-fll.

 

LEIA MAIS

Valem projetos de pesquisa de estudantes dos ensinos fundamental II, médio e técnico das redes pública e privada de ensino

Objetivo é garantir destinação de verbas vinculadas, sem possibilidade de transferência para outras contas do tesouro municipal

Bolsas em instituições privadas de ensino superior oferecidas pelo programa são parciais ou integrais

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Educação