Rua da cerveja artesanal

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Rua da cerveja artesanal

Está confirmado para este carnaval, mais uma vez, o espaço exclusivo das cervejas artesanais de Nova Friburgo. A Rua Augusto Cardoso abrigará o espaço que a cada ano recebe mais adeptos do “Beba menos, beba melhor”. São aguardadas pelo menos seis marcas locais.

Hidratação

Por falar em bebida alcoólica, a melhor forma de evitar ressaca para quem inevitavelmente não beberá com moderação é intercalar a bebida alcoólica com água. Não foi só um amigo que me ensinou isso. É ciência! A mesma que garante ser mito que suar é bom, porque evapora o álcool. O que evapora é a água, que acelera a desidratação do corpo.

Testes de gravidez aumentam

Um dado curioso relacionado ao carnaval é o aumento pela procura por testes de gravidez após a folia. Estima-se um crescimento de 15%. Mais do que o risco de engravidar estão as doenças sexualmente transmissíveis. O uso de preservativos, portanto, não é apenas contraceptivo, protege contra essas doenças.

Sífilis

Para esse carnaval em especial, uma doença preocupa: a sífilis. O Brasil vive um quase surto da doença. Só no ano passado foram notificados mais de 650 mil casos de sífilis adquirida. Um aumento de 30%. A Região Sudeste é a que tem maior incidência, com aumentos expressivos de casos também no Estado do Rio de Janeiro. 

Tem cura

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) com cura, podendo aparecer em qualquer área de contato em uma relação sexual, como a boca. Por isso, por mais que o uso da camisinha seja essencial durante uma relação, ele não é suficiente. A sífilis se manifesta em três fases e o ideal é já procurar tratamento nos sinais iniciais: ferida, geralmente única, no local de entrada da bactéria (pênis, vulva, vagina, colo uterino, ânus, boca, ou outros locais da pele), que aparece entre dez e 90 dias após o contágio.

Time de primeira

O Friburguense sacramentou seu estigma de ser um time que cresce na dificuldade que se aproxima do impossível. Venceu, fora de casa, quando o adversário (Americano) dependia apenas de um empate. O mesmo havia ocorrido nos jogos finais da segundona, especialmente, diante do Artsul, naquela semifinal vencida por 1 a 0, contra um adversário invicto em casa.

Agora só em agosto

Assim este foi, para alegria de todos, o último jogo do semestre para o Friburguense. Não que não gostemos de ver os jogos do Frizão, mas a ausência de partidas representa a fuga completa do rebaixamento e o passaporte carimbado para a fase preliminar da elite do Campeonato Estadual. Mais do que isso: a garantia dos recursos de TV, em 2021.

Contas capengas

Ter conquistado o quadrangular também representa alívio nas já combalidas receitas do Tricolor Serrano. São duas viagens a menos, além de não ter mais o risco de ter que enfrentar a longa e deficitária segundona.

Eles que lutem

Enquanto isso, América, Americano e Nova Iguaçu terão mais quatro jogos cada para definir o time que será rebaixado. Este rebaixado terá a saga da segundona. O América pode entrar para a história com um terceiro rebaixamento seguido. Se subir, o inusitado fato de verdadeiro clube ioiô. Três subidas e três quedas seguidas.

Falta de apoio

Falando em finanças, vale ressaltar que mesmo com a conquista de segundona, o Friburguense continuou sem patrocinador master e sem qualquer apoio público. Ainda se viu prejudicado quanto às cotas de TV. A previsão de recurso não se confirmou, sendo quase a metade do prometido, por conta do não aceite do Flamengo em ter seus jogos transmitidos pela Globo. As dívidas se acumulam e ter escapado agora foi um verdadeiro presente de sobrevivência.

Copa Rio

O Friburguense agora só volta a campo em agosto para a disputa da Copa Rio, competição mata-mata que dá vaga na Série D do Brasileiro e na Copa do Brasil. Por ter sido campeão da segundona, o Frizão só estreia na segunda fase e com a vantagem de não enfrentar um time da primeira divisão. A competição é tiro curto. O Friburguense terá apenas três confrontos para garantir vaga numa competição nacional.  

O sonho de jogar com os grandes

Encerrada a participação do Friburguense no Estadual, o time de Nova Friburgo registrará a 13ª posição na classificação geral. Em dezembro, nova saga na seletiva que será mais complicada do que a desse ano. Apenas um, entre seis times ascenderá à fase principal. Nesse ano, foram dois.

Mudanças

Será a última seletiva, já que os cinco restantes, mais o rebaixado da fase principal e os seis melhores da segundona 2020 formarão a nova segunda divisão em 2021 com 12 clubes. A partir daí, apenas um cairá e apenas um subirá. Tanto a elite como a segundona terão o mesmo regulamento.          

Palavreando

“Escapamos da inocência sem se taxar de ingênuos. Nessa fábula cotidiana, Nelson Rodrigues continua atual. Somos anjos pornográficos que veem a vida pelo buraco da fechadura. Melhor mesmo seria fazer-se chave e entrar para participar da festa”.

 

 

  • Foto da galeria

    Com a conquista da permanência na elite do futebol carioca, o Bloco do Frizão desfilará até mais animado nesse ano. Pelo 8º ano, o bloco sai e mais uma vez ganhará a Alberto Braune nesta sexta-feira, 21. Estarei lá! Destaque ainda para o Bloco da Predial, o mais tradicional da cidade, com o famoso Bloco das Piranhas. Disputadíssimo é o Blocão do Rastafare que além de abadá, traz nesse ano roupas especiais para as mulheres e camisa.

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.