Quando a rede ajuda

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Quando a rede ajuda
Uma hasgtag de uma estudante de Nova Friburgo Rebecca Campos atingiu o 3º lugar de assunto mais comentado no Twitter nas últimas horas da última segunda-feira, 20, e nas primeiras horas de ontem, 21. E a concorrência no “trending topic” não foi das mais fáceis, afinal, uma campanha articulada por apoiadores do ex-juiz e agora ministro Sérgio Moro ocupou as duas primeiras posições. Moro deu entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura. 

Solidariedade virtual
A mobilização através da #inepdevolveanotadarebecca ganhou o país para chamar a atenção do Inep e do MEC (organizadores do Enem) acerca de uma grave injustiça cometida com a estudante Rebecca Campos Ferreira. Até famosos como a apresentadora Maísa, do SBT, compraram a briga, que de fato chamou a atenção dos organizadores que já estão às avessas com todos os problemas dos resultados da prova que define a vida de milhares de jovens após três anos no ensino médio de muito estudo.

Um Enem pra ser esquecido
O caso ocorrido no dia 10 de novembro, na sala 11 da UFF Nova Friburgo, teve o fato de que uma estudante de nome Rebeca foi eliminada, após seu celular tocar durante a prova. Como prevê o regulamento, a estudante foi eliminada. Mas na hora da divulgação do resultado, a estudante Rebecca Campos, que não tinha nada a ver com a história é quem foi considerada eliminada.

Justiça
Segundo a estudante em suas redes sociais, ao saber da eliminação por ato que outra estudante de nome semelhante cometeu, foram enviados mais de 100 e-mails para que a organização corrigisse o equívoco, mas de nada adiantou. Sem escolhas, levantou a hasgtag que em poucas horas ganhou o país e finalmente fez com que a organização desse a devida atenção ao seu caso.

Gosto amargo
O empate diante do América já é passado no Eduardo Guinle, mas seus ensinamentos não. Após abrir 2 a 0 numa partida que foi claramente superior ao adversário, falhas de displicência e falta de concentração tiraram dois pontos ganhos da equipe. O problema é que erros do tipo ocorreram em jogos anteriores.

Não foi o recomeço dos sonhos
Começar empatando em casa não foi um resultado trágico, mas longe de ser bom. Agora, é preciso recuperar os pontos perdidos nos jogos fora de casa. A matemática é simples. Com dez pontos, um time deve alcançar o 1º lugar que classifica para a seletiva do ano que vem e tira da briga contra o rebaixamento.

Hora de crescer
Diante do Nova Iguaçu a primeira oportunidade de se recuperar. Na fase seletiva, o Friburguense perdeu por 2 a 0. O time da Baixada vem de bons resultados. A goleada sobre o América (4 a 0) e o empate de 0 a 0 contra o Americano, fora de casa. Sabedor das falhas que não podem se repetir numa competição tão equilibrada, que o time de Cadão possa crescer como sempre cresceu nos momentos decisivos.         

Palavreando
“A gente nunca percebe bem enquanto se é feliz e só sente falta da felicidade quando não está sendo visitado por ela. A felicidade é tão simples que se percebêssemos a abraçaríamos como somos abraçados quando estamos chegando, voltando para casa.”.

  • Foto da galeria

    Se a Unidos da Saudade não era aposta para brigar pelo título do carnaval, a apresentação de suas fantasias mudou muitas opiniões. Com fantasias bem trabalhadas e ricas em detalhes, a escola mostra mais uma vez que sabe trabalhar muito bem com enredos africanos. O samba que arrebatou a quadra, não deve ser diferente na avenida. Com emoção incomum, demonstração clara de que o mau resultado do ano passado mexeu com o brio dos componentes que estão com raça elevada para este carnaval.

  • Foto da galeria

    Com uma festa de gala, digna de Oscar, a Vilage apresentou, ao som de trilhas marcantes do cinema, as suas fantasias para este carnaval. Relembrando gêneros de filmes e personagens marcantes, a leitura da apresentação foi fácil e promete um grande desfile. A atual campeã conta com a organização de sua diretoria para fazer mais do que um desfile técnico, mas que encante o público com muitos efeitos especiais. Com a quadra lotada, a letra fácil do samba permite cada um fazer sua própria viagem pelo mundo do cinema.

Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.