Ocupação hoteleira

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Ocupação hoteleira

As chuvas dos últimos dias e a previsão de chuva durante boa parte do carnaval deve afetar a ocupação hoteleira de Nova Friburgo, neste carnaval. A ocupação, no entanto, deve atingir a marca de 80% nas estimativas do Convention & Visitors Bureau local.

Emprego e renda

O Estado do Rio de Janeiro é líder nacional em ocupação e arrecadação no carnaval. No entanto, mais de um quarto de toda a receita fica na capital, ou seja, R$ 2 bilhões. Especialmente nos municípios em que há eventos, como Nova Friburgo, os setores que mais comemoram são alimentação e bebidas.

Blocos de times de futebol

Pela primeira vez, Nova Friburgo terá desfile de blocos de todas as quatro torcidas dos times grandes do Rio de Janeiro, neste carnaval. O caçula é o bloco do Botafogo. O Alvinegros da Serra estreia na avenida com samba dos consagrados Sabará e Guto, ambos botafoguenses.

Um time por dia

Cada dia do carnaval friburguense terá um bloco ligado a time de futebol diferente desfilando. O Friburguense com o Bloco do Frisão é o primeiro a desfilar, na sexta-feira de carnaval, dia 21. No sábado, 22, o mais antigo dos blocos, o Máquina Tricolor, representa a torcida do Fluminense.

Roberto Dinamite

No domingo, 23, quem vai desfilar é a turma do Botafogo. Segunda-feira, 24, é a vez do Flamengo. Os Gigantes da Serra, com a turma vascaína sai na terça, com presença ilustre de Roberto Dinamite. Cada bloco tem suas organizações, com abadá, espaços especiais, concentração com open bar e assim por diante.

Decisão

Final. O Friburguense deixou para trás, América e Nova Iguaçu e disputa com o Americano a vaga para a seletiva de 2021 do Estadual. O jogo de hoje, 19, fora de casa, dá vantagem do empate ao time mandante. Apenas a vitória livra o Friburguense de jogar uma nova fase com os dois já eliminados que definirá o rebaixamento.

Boas recordações

O ambiente da partida lembra muito a semifinal do 2º turno da segundona, no ano passado. O Friburguense enfrentou o então invicto em casa, Artsul, nas mesmas condições. Fora de casa, com o adversário tendo direito ao empate. O Frisão venceu por 1 a 0 e garantiu lugar na final diante do América. Conquistou o turno e foi para mais dois jogos contra o mesmo América.

Só a vitória

A obrigação de vitória sempre fez bem ao Friburguense. Que faça de novo dessa vez, em que o time campista tem o favoritismo, ainda que neste ano, dois jogos entre as duas equipes já tenham ocorrido. O Friburguense venceu na última rodada da seletiva por 1 a 0. Já na atual fase, o Americano derrotou o Friburguense, em Nova Friburgo, por 2 a 1.

Rivalidade reacendida

O Americano chegou na última rodada da seletiva dependendo apenas de suas forças para alcançar a fase principal. O Friburguense, já eliminado e sem vitória naquela circunstância, venceu seu primeiro jogo e deu a vaga ao Macaé. A partir daí, a antiga rivalidade entre os clubes aflorou de novo e deve ter reflexo no confronto final de hoje. Afinal, independente do resultado Friburguense ou Americano se livrarão do Grupo Z.

Passaporte

Caso o Friburguense vença, portanto, o clube garante vaga na seletiva do ano que vem e se livra completamente do rebaixamento. Lembrando que em 2021, a seletiva dará apenas uma vaga na fase principal com os grandes e será a última nesse formato. Caso empate ou perca, o Friburguense fará um triangular final com América e Nova Iguaçu, em jogos de ida e volta. Apenas o último entre os três cairá de divisão, enquanto os outros dois se classificam para a seletiva.

Novo modelo

A partir de 2021, enquanto a seletiva será a última, surgirá a nova segunda divisão. Com doze clubes e mesmo formato da primeirona. Dois grupos de seis, turno e returno. Apenas um time subirá, sem passar por seletiva, direto para a elite. Essa nova segundona será formada por cinco dos seis times da seletiva do ano que vem, mais o rebaixado de 2021 e seis times melhores classificados da segundona deste ano.   

Palavreando

“Esqueci que o relógio existe. Mas o tempo não admite ser apenas um relógio no pulso ou no celular. Ele passa. E a vida passa pelo tempo sem que ambos queiram se casar”.

 

 

Foto da galeria
As cachoeiras de Nova Friburgo. Em tempos de chuvas, a vantagem são as quedas mais volumosas de água. A desvantagem são alguns perigos como trombas d´água. O registro da Cachoeira da Adutora é da jovem estudante de fotografia, Brenda Brum.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.