Carnaval 2020

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Carnaval 2020

Os tamborins esquentaram de vez a praticamente um mês do carnaval. Escolas de samba promovem eventos diversos, entre festas e ensaios da comunidade. Nos barracões, já se constata a corrida contra o tempo, principalmente em algumas agremiações que estão com os preparativos atrasados de suas fantasias e alegorias.

Tá chegando a hora

As quatro escolas de samba do Grupo Especial prometem grandes desfiles. Nos bastidores, as apostas giram em torno de uma apresentação cheia de efeitos especiais e ousadia da atual campeã (Vilage no Samba), que na opinião de muitos, desponta como a grande favorita. A verde e branco terá como enredo o cinema.  

Favoritas?

O ressurgimento da escola Alunos do Samba também é destaque nas rodas de bate-papo dos apaixonados por carnaval. Após vários anos amargando o último lugar, o vice-campeonato do ano passado levantou a autoestima da azul e branco, ao mesmo tempo em que há visível reconhecimento ao trabalho profissional que vem sendo feito pela atual diretoria. Com a história da Estrada Real, a agremiação do distrito de Conselheiro Paulino promete luxo nas fantasias e alegorias gigantescas.

Ensaios e festas

O Alunão está realizando os ensaios técnicos todas as sextas-feiras à noite. Já a Vilage retoma as concorridas festas das sextas-feiras, realizando os ensaios de comunidade nas tardes de domingo. Neste fim de semana, em especial, a agremiação apresenta os protótipos de suas fantasias no sábado, 18, em grande festa na sua quadra. No domingo, 19, é a vez da Unidos da Saudade apresentar seus protótipos.      

Começando do zero

O que passou, passou. É chegada a hora de iniciar uma nova jornada para o Friburguense. Após o último lugar na seletiva, os pontos foram zerados e o tricolor começa uma nova disputa com América, Americano e Nova Iguaçu. O 1º colocado da disputa garante vaga na seletiva do ano que vem. Os três que restarem brigarão contra o rebaixamento.

Todos ao Eduardo Guinle

O primeiro de seis jogos é em casa, diante do América, neste sábado, 18, às 15h. Reeditando o duelo da final da segundona do ano passado, o Friburguense está numa crescente, enquanto o adversário vem de uma goleada sofrida para o Nova Iguaçu que levou o clube a trocar o comando técnico. Mais do que nunca, o Friburguense precisa do torcedor para evitar a disputa contra o rebaixamento na próxima fase.

Coisas do futebol carioca

O América pode viver, inclusive, uma situação inusitada na história do futebol. Caso caia esse ano, será a terceira queda seguida da primeira para a segunda divisão. Como? O regulamento permite que o time que cai possa disputar a segundona no mesmo ano. O América tem caído e subido. 

Jogo com os grandes nos juniores

A fase principal do Estadual também começa neste fim de semana, sem o Frizão e sem a volta dos jogos contra os grandes. Mas um detalhe que passa despercebido é para os juniores ou Sub-20. Diferente dos profissionais, o Friburguense jogará essa e as demais categorias na primeira divisão, independentemente de ter sido eliminado na seletiva.

Divisões de base

A competição vai de março a outubro e o tricolor serrano está no Grupo B ao lado de Vasco, Fluminense, Volta Redonda, Resende, Madureira, Nova Iguaçu e Portuguesa. A competição conta com os times da fase principal e os da seletiva, portanto com 16 clubes. Vão ter aí pela frente algumas dezenas de jogos.

Cenários

Já o profissional do Friburguense joga agora essa fase para definir os times que vão à seletiva 2021 e o único time que será rebaixado. Se for o vencedor do grupo com quatro, a temporada praticamente acaba. Se não conseguir, vai para o grupo que determinará o rebaixado na disputa com três equipes.

Xô, urucubaca!

Sendo rebaixado, imediatamente disputa a segundona até outubro. Algo que ninguém aqui quer. Se tudo correr bem, portanto, o time profissional faria seu último jogo no dia 18 de fevereiro, só retornando em agosto para jogar a Copa Rio. Competição mata-mata que dá vaga na Copa do Brasil e na Série D do Brasileiro.  

Palavreando

“Você pode viver uma paixão, mas não pode permanecer nela ao ponto de morrer - não acredite em tudo que lhe dizem. As paixões nunca deixam de existir e são elas que tornam tudo mais interessante”.

Foto da galeria
É um sucesso que transborda energia a colônia de férias artística do Solar da Arte, no Cônego. O espaço idealizado pela professora Jane Ayrão, inaugurado em 2019, faz exposições e oficinas diversas para todas as idades. Nestas primeiras férias escolares, ousou em promover uma colônia de férias totalmente voltada para as artes. Resultado: todas as vagas preenchidas e a criançada esbanjando cultura.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.