Pesquisas

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sábado, 27 de junho de 2020

Para pensar:

"Que tempos são estes, em que é necessário defender o óbvio?"

Bertolt Brecht

Para refletir:

“É interessante observar que se ficamos doentes, queremos ter certeza de que o médico que nos atende tenha frequentado uma faculdade e saiba sobre o que está falando. E quando entramos num avião, queremos um comandante que seja capaz de pilotar o avião. E ainda assim, na vida pública tantas vezes escolhemos alguém que não tenha o conhecimento necessário [à função que pretende exercer]."

Barack Obama

Pesquisas

O leitor sabe bem que o mundo político já está em clima de eleições municipais, e nos bastidores são muitas as consultas à população voltadas a identificar tendências, carências, popularidades e rejeições.

Naturalmente não se tratam de pesquisas oficiais, registradas, que possam ser divulgadas.

Mas nos bastidores elas falam, falam muito.

E há quem aposte nelas para conseguir superar os impasses finais que tanto têm atrasado a composição definitiva do cenário que será submetido ao crivo popular ao fim deste ano.

Sem surpresas

A coluna evidentemente fica a par da maioria destas consultas bem como de seus resultados, e como muitos outros aguarda pelo desenrolar dos fatos para ver até que ponto estas informações serão decisivas para consolidar parcerias, ou demonstrar que algumas pré-candidaturas são inviáveis.

Aos leitores, tudo o que pode ser dito é que, ao menos até o momento, nenhuma surpresa relevante tem sido indicada.

Manifesto

Outros partidos, por sua vez, têm buscado o diálogo e o somatório de forças a partir da exposição de argumentos e afinidades.

É o caso, por exemplo, do “Manifesto pela unidade, por uma alternativa popular e democrática para Nova Friburgo”, que pode ser visto na internet e contava, até o fechamento desta edição, com 198 assinaturas.

Filme antigo

Diversos veículos de notícias deram destaque, na noite de quinta-feira, 25, à operação Pagão, solicitada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), sobretudo por envolver a piloto de Stock Car, Bia Figueiredo, cujo marido e sogro foram presos em Barueri-SP.

À coluna, todavia, a notícia é digna de registro por representar mais um exemplo de denúncias de desvios milionários envolvendo a atuação de uma organização social que manteve vínculos com o Palácio Guanabara.

Propósito

A experiência adquirido ao cobrir política cada vez mais convence este colunista de que o modelo de gestão terceirizada foi concebido para servir aos propósitos “do sistema”, na pior concepção do termo.

Sem generalizar, porque felizmente ainda existe gente séria e honesta em toda parte, o fato é que o universo de escândalos relacionados à atuação de OSs no Brasil, e no Rio de Janeiro em particular, é grande e expressivo demais para que possa ser ignorado.

Com quem andas

E tal impressão apenas se reforça quando observamos o perfil e o histórico dos políticos entusiastas deste modelo de gestão.

Aqui mesmo, em Nova Friburgo, temos alguns.

E o que dizer dos argumentos repetidamente apresentados em defesa da terceirização?

Será que ainda conseguem convencer alguém?

Consulta rápida

Uma consultinha rápida aos leitores.

Vocês acham normal alguém que reside na zona rural de Nova Friburgo ser nomeado em gabinete de deputado federal que não tem escritório na cidade?

Perguntando só por perguntar...

Praga

Nos últimos dias circulou bastante em nossa cidade notícia falsa a respeito do suposto fechamento de diversas lojas no Cadima Shopping.

E tantos entre nós, mais uma vez, saíram compartilhando algo sem antes verificar a informação.

Para quê?

Gente, é óbvio que o comércio está sofrendo e várias empresas estão mesmo expostas ao risco de encerrar suas atividades.

Mas o que alguém ganha ao lançar esse tipo de sombra sobre quem está segurando as pontas com muita garra, em meio a um momento já cheio de problemas?

Quebrar a corrente

Aos leitores a coluna apela mais uma vez para que verifiquem informações antes de passá-las adiante.

Quer seja para preservar a economia, conter a pandemia ou escolher nossos futuros representantes, o que mais precisamos agora são de informações precisas, atualizadas e confiáveis.

A mentira é sempre recurso de quem não leva a vida (e a si mesmo) a sério.

Funcionalismo

Não faz muito tempo falamos aqui a respeito do projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal que pretende estabelecer tetos para o funcionalismo friburguense, tanto no Legislativo quanto no Executivo.

Já naquela altura era intenção da coluna aprofundar o tema nos dias seguintes, uma vez que estabelecer limites é apenas uma das muitas medidas que precisam ser tomadas a fim de promover condições trabalhistas mais justas.

Porém a semana teve muitos assuntos, e este acabou ficando para depois.

Abismos

Sem aprofundar demais, é importante deixar registrado para os pré-candidatos que Nova Friburgo precisa urgentemente rever o tratamento dispensado a seu funcionalismo, sobretudo entre os quadros de carreira.

Não cabe mais toda esta discrepância salarial e de progressão entre concursados e apadrinhados políticos.

Quem efetivamente carrega esta administração precisa ser valorizado e aproveitado em funções administrativas e gerenciais.

Chega

Plano de cargos e salários, realização de concursos, critérios técnicos e transparentes para a distribuição de gratificações e para o preenchimento de cargos de 1º e 2º escalões são algumas das medidas que precisam sair das páginas dos planos de governo para ganhar concretude de uma vez por todas ao longo do próximo mandato.

Já chega de estelionato eleitoral por aqui.

Vistoria no Raul Sertã (1)

Membros da Defensoria Pública estadual em Nova Friburgo fizeram uma vistoria nesta sexta-feira, 26, no Hospital Municipal Raul Sertã e não gostaram do que viram.

A equipe constatou que itens básicos, como medicamentos utilizados no processo de intubação de pacientes e até mesmo sabão e papel toalha, indispensáveis nestes tempos de pandemia, estavam em falta.  

Vistoria no Raul Sertã (2)

A Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que tanto o sabão, como o papel toalha já foram objetos recentemente de compras emergenciais com pagamento já feito à fornecedora no último dia 18 e entrega prevista no início da próxima semana.

A prefeitura também informou que com relação aos medicamentos para intubação, os mesmos já foram adquiridos através de licitação e está aguardando a entrega.

A Secretaria esclarece também que devido a pandemia e a grande demanda por esses itens, a pronta entrega pelos fornecedores está dificultada.

A pasta reforça que o hospital, no entanto, não está desabastecido desse itens para o atendimento a pacientes com a Covid-19.  

Vistoria no Raul Sertã (3)

A Defensoria também questionou durante a inspeção qual o total real de leitos exclusivos para Covid no hospital municipal.

A Secretaria de Saúde respondeu que possui dez leitos de UTI e outros oito semi intensivos que não são lançados nos boletins diários que mostram o status da pandemia no município, por isso é que nestes boletins não constam o total de 18 leitos de UTI para pacientes com Covid no HRS. 

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.