Nota zero

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quinta-feira, 02 de julho de 2020

Para pensar:
"A moral consiste em fazer prevalecer os instintos simpáticos sobre os impulsos egoístas."
Auguste Comte

Para refletir:

“Não basta fazer coisas boas - é preciso fazê-las bem.
Santo Agostinho

Nota zero

O leitor certamente sabe que, numa redação que deva ser avaliada, o atalho mais curto para não obter ponto algum é fugir ao tema proposto.

Todo o resto pode até estar bem feito, mas se a proposta não foi bem compreendida e trabalhada, é nota zero, sem direito a apelação.

E, bom, este colunista entende que a atuação em diversas funções deveria ser avaliada da mesma forma.

Desvio do tema (1)

Um vereador que seja excelente para conseguir empregos, capinas ou em agilizar exames e cirurgias, por exemplo, deveria receber nota zero por estar desempenhando funções incompatíveis com aquelas para as quais foi eleito.

E um prefeito que eventualmente indique quadros políticos para cargos técnicos em troca de apoio, do mesmo modo mereceria ser avaliado com nota zero.

Desvio do tema (2)

E o mesmo vale, sempre citando exemplos ao acaso, para um procurador-geral que em algum momento deixe de preservar o interesse público ao estabelecer os limites legais para a atuação do governo ao qual está subordinado, e passe a defender os interesses do próprio governo, atuando no sentido de encontrar brechas ou justificativas que atendam às suas conveniências.

Reforço

A coluna registrou ontem, 1º, relatos e representação no MP que apontam para um quadro de desabastecimento de medicamentos, sobretudo para sedação, no Hospital Municipal Raul Sertã.

Pois bem, hoje, 2, a coluna tem a satisfação de registrar que o município recebeu, através do Programa Secretaria de Estado de Saúde (SES) Calamidade Pública 150 ampolas de Atracúrio 10mg/ml 2,5ml, e cinco mil ampolas de Midazolam 5mg/ml 10 ml.

Testagem

Por outro lado, temos também uma notícia a se lamentar.

A recente confirmação de casos de Covid19 entre servidores da Secretaria de Saúde, da Secretaria de Obras e do RH tornou necessária a ampla testagem nestas repartições.

E a coluna entende, vejam só, que essa determinação, essencialmente protocolar, não foi inicialmente bem recebida em outros ramos da administração municipal, que igualmente gostariam de ser testados.

Faz parte. Nada que transparência e informação não possam resolver.

 

Comum acordo

Alguns leitores devem estar estranhando a ausência de Wanderson Nogueira nas páginas de A VOZ DA SERRA, assinando as colunas Observatório, que faz desde 2008, e Palavreando, no Caderno Z, publicada desde 2006.

O motivo, claro, é sua pré-candidatura a prefeito nas próximas eleições.

Ainda que a legislação não obrigue o afastamento em mídia impressa, tanto o jornalista quanto o jornal entenderam, de comum acordo, que seria o mais correto a se fazer, assim como ocorre em relação a TV e rádio.

O afastamento é, portanto, temporário.

Apelação

Um dos modos mais fáceis de identificar focos de infecção por interesses particulares na gestão da coisa pública é rastrear as notícias falsas.

Simples: no frigir dos ovos todo mundo precisa de votos, e quem não pode recorrer à verdade para se mostrar digno de confiança, fatalmente acaba apelando aos serviços de párias e difamadores sempre dispostos a contar a história que lhes seja encomendada.

É assim em toda parte, e por aqui não é diferente.

Triste

Parece um mau sinal, portanto, que alguns destes canais tenham sido acionados em defesa da edição grotesca dos fatos no que se refere ao mais recente episódio na novela que envolve a apreciação das contas da prefeitura relativas a 2018.

De fato, dá desgosto ver o tipo de relação que nossa prefeitura se permitiu estabelecer.

A esse respeito, a coluna recomenda apenas que tudo o que andou sendo publicado em redes sociais nos últimos dias seja printado, para avaliação futura a respeito da credibilidade das fontes.

Porque muita gente andou mentindo descaradamente sobre o assunto.

Em tempo...

A coluna reforça seu entendimento de que a pauta da Câmara Municipal deve ser destrancada na próxima semana, uma vez que o impedimento à votação das contas passou a ser externo.

Qualquer coisa diferente disso será uma surpresa desagradável.

Gratidão (1)

“Nós filhos, noras, genros, netos, bisnetos, irmãs, cunhados, sobrinhos e amigos da paciente Maria Helena da Costa queremos através desta nota agradecer a todos os funcionários, sejam administrativos, de apoio ou da equipe técnica, tais como: equipe de enfermagem, fisioterapia, radiologia e medicina, a dedicação e o carinho que a ela foram dispensados durante os 32 dias em que esteve internada no CTI da Covid-19 do Hospital Serrano. Temos certeza de que não foram medidos esforços para que ela se restabelecesse, mas infelizmente isso não ocorreu, o que não nos impede de reconhecer tudo o que foi feito.”

Gratidão (2)

“Queremos ressaltar a paciência e gentileza para com os familiares, esclarecendo todas as dúvidas, as ligações de todas as tardes/noites quando aguardávamos ansiosos e sedentos por informações sobre sua situação clínica. Tantas foram as ligações que por fim já era possível reconhecer a voz de quem ligava. Gostaríamos de pedir desculpas a todos os profissionais do Hospital Serrano por qualquer excesso ou indelicadeza que possamos ter cometido durante este período. Mais uma vez nosso muito obrigado a todos os profissionais envolvidos direta ou indiretamente no tratamento de uma pessoa que era muito querida por todos nós.”

Avanço

O mais novo boletim divulgado pela prefeitura, na noite de ontem, 1º, informa que Friburgo já tem 545 casos de Covid-19, sendo 127 profissionais de saúde e 37 óbitos. Há ainda cinco óbitos suspeitos.

Os casos ainda em investigação são agora 48, sendo 33 em isolamento domiciliar e dez pacientes hospitalizados. O total de casos descartados chega a 946. Já os recuperados agora são 245.

Dos 106 leitos de enfermaria e UTI disponíveis nos hospitais, apenas 34 estão ocupados. O setor Covid do Raul Sertã está com 70% de ocupação.

Foto da galeria
Testagem
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.