Bia WIlcox

Bia Wilcox

Bia Willcox sempre escreveu.Professora e advogada por formação, sua grande paixão é conteúdo, texto, assuntos diversos pra trocar e enriquecer.assina a coluna Amores Cariocas na Rádio Bandnews e um blog sobre cultura e entretenimento no Portal R7

14/08/2018

Todo o inferno está contido numa única palavra: solidão

Victor Hugo, você precisava conhecer os dias de solidão high tech que vivemos hoje.

Com todas as portas, janelas e fendas gigantescas para falar ao mundo que habita fora de nós, as definições de solidão foram atualizadas. Victor Hugo não conhecia o poder da companhia de todos os aplicativos de Internet quando visualizou na solidão o Inferno. 

O Inferno de Victor Hugo anda mais ameno. Será?

Leia mais
07/08/2018

Dia desses me peguei num momento de exaustão e certo enjoo das redes sociais.

Enjoada de tudo: dos posts de opiniões, dos de comida, dos de viagem, dos de moda, enjoada das blogueiras, dos empreendedores e coaches, das dicas de dermatologistas, das dicas de maquiagem, da intimidade das celebridades, das selfies, das poses.  De tudo mesmo. Até daquelas frases e pensamentos de famosos. 

Acho que só não enjoei dos perfis politicamente incorretos que retratam o melhor dos seres vivos do século 21 - a criatividade na internet.

Leia mais
26/07/2018

Eu vejo tanta beleza nas viradas, nas coragens, nas mudanças macias ou abruptas. Eu vejo beleza em se quebrar estereótipo, sair da caixa, desdizer, provar o contrário, ser exceção ou ter peito de ser a regra. 

Ouvia mãe e tias me contarem sobre as mais diversas regras “com cara de universais”: mulher mais velha deve ter cabelo curto, acima de determinada idade tem que abolir o biquíni, já estamos velhas para mudar, ridículo para alguém da minha idade, muita diferença de idade, enfim, muitas caixas e rótulos para se romper.

Leia mais
17/07/2018

-Nelson Rodrigues, posso atualizar essa sua afirmação para os tempos de hoje?

Se todos conhecerem a intimidade e os momentos de privacidade uns dos outros, ninguém vai suportar ninguém mais.

Bem, não é bem uma previsão e, sim, constatação. Nós já vivemos a intimidade alheia, já participamos de momentos íntimos e privados e já começamos a nos odiar com frequência.

Quando pensariamos em:

1- Conhecer o banheiro e os cosméticos de uma atriz?

2- Ver uma estrela de TV acordando, sem maquiagem e despenteada?

3- Ver uma artista em calcinha de renda?

Leia mais
29/06/2018

Mais um jogo do Brasil na Copa do Mundo. Na última quarta-feira, 27, contra a Sérvia, nossos corações vieram à boca como de costume. Trauma é coisa séria. Não é qualquer Copa que apaga um trauma de uma sova de 7 a 1.

Leia mais
05/06/2018

Na última semana mais um episódio de nude nas redes brasileiras, mas dessa vez não foi vazamento não. Foi foto postada pela própria modelo em sua conta no Instagram. E foi um nu rebelde, questionador, não sei se provocante mas provocativo. Um nu num banheiro público sobre um vaso sanitário.  Não aplaudo nem critico: aceito como parte do cenário em parte previsto por Huxley e Orwell em suas obras primas e descrito recentemente pelo filósofo Bauman, quando falava de Facebook e privacidade.

Leia mais
15/05/2018

Esta semana é de festa, fogos, memórias e muitas emoções em Nova Friburgo.

Não está sendo diferente para mim aqui do Rio de Janeiro. Os fogos pipocarão aí no ritmo do meu coração em saltos e das lágrimas de nostalgia que pulam cada vez que eu escrevo para esse jornal sobre a cidade.

Vivi anos dourados em Friburgo. Adolesci aí. Namorei, descobri, redescobri, me enganei, me desiludi, me apaixonei, tomei porre, experimentei, me fantasiei, escondi, contei, ri muito e chorei. Vivi, como muitos, uma adolescência e juventude incríveis nesta cidade.

Leia mais
09/05/2018

Eu tenho certamente mais de 200 velas para soprar em seu aniversário. Cada uma de uma memória, de uma fase, de uma experiência, de um amor. Que os leitores me perdoem fazer desse espaço um diário de lembranças afetivas, mas não poderia ser diferente. É Nova Friburgo, gente!

Leia mais
25/04/2018

O quanto você precisa conviver com uma pessoa para ser íntima dela? Quantos almoços, quantos chopps, quantos dias de trabalho, quantos segredos e confidências, quantas viagens juntos para ficarmos completamente à vontade com o outro? 

O que é intimidade? É quando você não precisa regular nem o que fala nem como age. Você se sente à vontade para ser do jeito que sempre foi, sem qualquer cena ou disfarce. É quase que você falando com o espelho. Hoje temos um tipo de intimidade que nem todo mundo se dá conta: a intimidade na telinha dos celulares. Ou melhor, a intimidade digital.

Leia mais
11/04/2018

Eu posso pensar em qualquer assunto, posso buscar notícia boa, posso querer contar piada até, mas não adianta: Eu só consigo pensar no maior clichê do planeta: o amor. Os tempos líquidos e digitais nos prestaram um desserviço entre meio a tantas novidades e facilidades: o desnudamento do ódio. Não há mais disfarce ou fantasia, o ódio agora é nu, amplo e irrestrito. Nas redes sociais virtuais e presenciais, ou seja, tanto nos aplicativos quanto nas ruas.

Leia mais