Suspeitos de tráfico presos pela PM no Floresta tinham pistola com kit rajada

Acusado de 21 anos preso após troca tiros estava em indulto de Natal e tem 14 anotações criminais
terça-feira, 29 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A arma apreendida com o acusado (Foto: 11 BPM)
A arma apreendida com o acusado (Foto: 11 BPM)

Um rapaz de 21 anos foi preso e um menor de 16 apreendido, na tarde de segunda-feira, 28, por policiais militares do 11º BPM que foram recebidos a tiros pelos criminosos. Na ação também foi apreendida a arma utilizada na troca de tiros contra os policiais: uma pistola calibre 9mm, com kit rajada, numeração raspada e capacidade para 17 munições, restando apenas cinco em seu carregador.

Ainda segundo a seção de comunicação do 11º BPM, o fato ocorreu após agentes do serviço reservado (P2) realizarem uma diligência na estrada Fazenda da Laje, quando se depararam com cinco elementos armados que, para fugirem para o Alto do Floresta, efetuaram diversos disparos contra os agentes. Ao revidarem, os PMs atingiram o jovem de 21 anos com dois tiros, um na perna e outro no ombro, e também conseguiram capturar o menor de 16 anos.

O jovem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Municipal Raul Sertã. Após receber alta hospitalar, ele foi conduzido pelos policiais militares à 151ª DP, onde o caso foi registrado. Também na delegacia, ao levantar a ficha do acusado, foi constatado estava em indulto de natal e que, contra ele, há 14 anotações criminais. Os acusados foram autuados, permanecendo o maior preso e o menor apreendido, juntamente com a arma.

 

LEIA MAIS

Agentes também prestaram auxílio a pai que teria agredido filha por ter dormido fora de casa

Em Trajano de Moraes, polícia prende suspeito de portar arma com numeração raspada

Na ação, um menor de 16 anos foi apreendido, além de uma pistola calibre 9mm, um rádio transmissor e 221 unidades de cocaína

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: tráfico