Quase 5 mil papelotes de cocaína e 2 mil de crack apreendidos no Alto de Olaria

Mais de 6 quilos de drogas que iriam ser enterrados pelo tráfico foram apreendidos só em uma operação
quinta-feira, 23 de setembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
A droga apreendida no Alto de Olaria (Foto: 11 BPM)
A droga apreendida no Alto de Olaria (Foto: 11 BPM)

Nada menos que 4.496 papelotes de cocaína, totalizando 5,37 quilos, e 1.850 de crack,  totalizando 1,25 quilo, foram apreendidos  na tarde de quarta-feira, 22, por policiais militares do Serviço Reservado do 11° BPM em um local de mata no final da Rua Uruguaiana, no Alto de Olaria. Conforme denúncias, traficantes iriam enterrar farta quantidade de drogas. Os bandidos fugiram.

Na mesma tarde, policiais militares do destacamento do 11° BPM em Bom Jardim  prenderam um homem de 25 anos e com 24 unidades de cocaína, 11  de maconha e R$ 200, durante patrulhamento na Estrada do Arrasto.

Ambas as ocorrrências foram registradas na 151ª DP, onde todo o material ficou apreendido.

LEIA MAIS

Droga estava escondida em local de mata no Terra Nova

Drogas são apreendidas até no Cemitério São João Batista

Ecstasy, espingarda e três garruchas também são encontradas com suspeitos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: tráfico