Moradores de Stucky pedem quebra-molas na entrada do bairro, na RJ 142

“Entrar e sair é um suplício”, afirma um motorista sobre o movimento naquele ponto da estrada
quinta-feira, 06 de agosto de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
A entrada do Stucky (Foto: Henrique Pinheiro)
A entrada do Stucky (Foto: Henrique Pinheiro)

Na última semana A VOZ DA SERRA foi até o bairro Stucky, no distrito de Mury, ouvir as principais reivindicações dos moradores da localidade. Além da construção de uma nova ponte – a principal urgência do bairro –, foram pedidos maior fiscalização com relação a barulho de motos e a instalação de um redutor de velocidade na RJ-142 (Nova Friburgo-Casimiro de Abreu) no acesso à Estrada das Flores, a principal porta de entrada da localidade.

Para o motorista que vem do centro da cidade é preciso, antes de mais nada, dar seta para o lado direito, acessar o acostamento, depois dar sinalizar para a esquerda, se certificar que não há carro vindo de nenhum dos sentidos da rodovia para, então, cruzar a rodovia em direção ao Vale do Stucky. Na teoria parece fácil e até tranquilo, mas de acordo com os moradores, há relatos de acidentes que só não tiveram vítimas por milagre. É por isso que eles pedem um quebra-molas no local para que haja mais segurança para os motoristas.

Risco de acidentes 

“Entrar ou sair daqui é um suplício. Queria que o DER (Departamento de Estradas de Rodagem do Estado - que administra a RJ-142) pudesse construir algo que reduza a velocidade neste trecho. Eu como motorista me sinto inseguro para atravessar essa rodovia, que é bastante movimentada, e poder cruzar essa pista para entrar no Stucky com segurança”, disse o morador Humberto Bronzo.

Ele é um dos que já presenciou acidentes naquele trecho. “Só não morreu ninguém aqui ainda por milagre. Por isso a importância de se ter um quebra-molas ou algo que force o motorista a passar devagar nesse trecho. É mais complicado para ônibus que é veículo grande”, finalizou.

Até o fechamento desta reportagem o DER-RJ não retornou nosso contato para informar se existe a previsão de atender a reivindicação dos moradores do Vale do Stucky. 

 

LEIA MAIS

Apartamentos serão entregues em Teresópolis, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto

Em Friburgo serão oferecidos os serviços de habilitação e emissão de identidade

Carreta está estacionada há dois anos na entrada da Rua Mário Bini, no Jardim Ouro Preto

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | obra