Marlon Moraes flerta com vitória, mas acaba derrotado no UFC

Lutador friburguense amarga sequência ruim, é nocauteado, mas deve seguir prestigiado pelo UFC
segunda-feira, 27 de setembro de 2021
por Vinicius Gastin
Georgiano, mais agressivo no segundo round, conseguiu nocaute técnico
Georgiano, mais agressivo no segundo round, conseguiu nocaute técnico

Marlon Moraes chegou a sentir o gosto da vitória. O domínio e a imposição no primeiro round da luta contra Merab Dvalishvili indicavam que o friburguense cumpriria a promessa de nocautear o adversário. Contudo, o georgiano conseguiu reverter um confronto que parecia praticamente perdido. Dvalishvili resistiu aos golpes de Moraes, demonstrou uma elogiável capacidade de recuperação e venceu por nocaute técnico aos 4m25s do segundo round. O combate fechou o card preliminar do UFC 266, promovido na noite do último sábado, 25, em Las Vegas, nos EUA.

De positivo para o lutador de Nova Friburgo fica o desempenho no round inicial, relembrando alguns dos seus melhores momentos pela organização. Marlon Moraes castigou as pernas de Merab Dvalishvili com diversos chutes, e o georgiano sentiu os golpes. A reação para tentar frear o friburguense foi levá-lo ao chão. The Magic levantou-se rapidamente, e os dois acertaram bons golpes de direita um no outro em sequência.

Foi quando Marlon conseguiu conectar um golpe mais forte de direita e derrubar Dvalishvili. Aproveitando o momento favorável, Moraes acertou uma sequência de golpes, quase nocauteando o georgiano. Merab, entretanto, conseguiu resistir, e derrubou o brasileiro novamente, ficando por cima no chão e desferindo golpes de cima para baixo. Moraes se defendeu como foi possível até o intervalo.

No segundo round, Dvalishvili se movimentou com mais velocidade, e logo acertou um duro golpe. Marlon caiu por baixo do rival. O georgiano parecia fisicamente mais inteiro, mesmo tendo sido castigado na primeira parte do duelo. No "ground and pound", somava pontos diante de um Marlon que se defendia como era possível. O friburguense ainda tentou se levantar, mas não conseguiu. Pressionado novamente junto à grade, recebeu golpes seguidos do georgiano até o árbitro interromper a luta. Este foi o primeiro nocaute da carreira de Dvalishvili.

Ex-campeão peso-galo do antigo WSOF, Marlon tem um cartel de 23 vitórias e nove derrotas. São agora quatro reveses nas últimas cinco lutas, sendo três consecutivas – havia perdido para Henry Cejudo, Cory Sandhagen e Rob Font, e vencido José Aldo. O resultado deve custar algumas posições no ranking da categoria, no qual era o sexto colocado. Aos 33 anos de idade, Moraes tem dez lutas no UFC, com cinco vitórias e cinco derrotas. Apesar da sequência ruim e do momento abaixo na carreira, o atleta de Nova Friburgo deve seguir prestigiado pelo Ultimate, que costuma demitir lutadores por conta de sequências negativas.

Em busca de reencontrar a melhor forma e o caminho das vitórias, The Magic passou por uma cirurgia no ombro direito. Três anos mais novo, Merab Dvalishvili tem menos experiência no MMA, mas vive ótimo momento físico, principalmente. Com 18 lutas como profissional (14 vitórias e quatro derrotas), o georgiano soma agora nove lutas no UFC, com sete vitórias consecutivas e duas derrotas.

Resultados do UFC 266

Sábado, 25 de setembro: T-Mobile Arena, Las Vegas

CARD PRINCIPAL

  • Alexander Volkanovski venceu Brian Ortega por decisão unânime
  • Valentina Shevchenko venceu Lauren Murphy por nocaute técnico
  • Robbie Lawler venceu Nick Diaz por nocaute técnico
  • Curtis Blaydes venceu Jairzinho Rozenstruik por decisão unânime
  • Jéssica Bate-Estaca venceu Cynthia Calvillo por nocaute técnico.

CARD PRELIMINAR

  • Merab Dvalishvili venceu Marlon Moraes por nocaute técnico
  • Dan Hooker venceu Nasrat Haqparast por decisão unânime
  • Chris Daukaus venceu Shamil Abdurakhimov por nocaute técnico
  • Taila Santos venceu Roxanne Modafferi por decisão unânime
  • Jalin Turner venceu Uros Medic por finalização
  • Nick Maximov venceu Cody Brundage por decisão unânime
  • Matthew Semelsberger venceu Martin Sano Jr. por nocaute Jonathan Pearce venceu Omar Morales por finalização.

 

3 fotos – legendas: (Divulgação)

1- Georgiano, mais agressivo no segundo round, consegue nocaute técnico e derrota Moraes

2- Marlon flertou com a vitória no primeiro round, mas Merab demonstrou grande capacidade de resistência

3 – Lutador friburguense amarga sequência ruim, mas deve seguir prestigiado pelo UFC

LEIA MAIS

Free Combat Challenge prevê mais de 20 lutas de MMA, iu-jítsu, No-gi, muay thai e kickboxing

Em nova categoria, lutador friburguense tenta escalar rumo à disputa do cinturão

Lutador friburguense terá que cumprir descanso e se afastar de treinos por, no mínimo, um mês

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: UFC