Leitores cobram até hoje promessa de operação tapa-buraco em Varginha

Asfaltamento a quente foi anunciado pela prefeitura em janeiro, com verba e tudo
sexta-feira, 21 de agosto de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Buracos em Varginha em janeiro deste ano (Foto de leitor/ Arquivo AVS)
Buracos em Varginha em janeiro deste ano (Foto de leitor/ Arquivo AVS)

A leitora  Laís André Cordeiro enviou a seguinte mensagem à redação:

“Vi uma reportagem neste jornal publicada em janeiro deste ano que anunciava a realização da tão esperada operação tapa-buracos no bairro Varginha, mas, infelizmente até hoje o serviço não chegou até aqui. A Rua Oscar Schultz está muito perigosa, cheia de buracos, e é um risco passar por ela, seja a pé ou de carro. Alguns moradores colocaram terras e entulhos de obras nos buracos para tentar amenizar a situação, mas precisamos mesmo é de um asfalto novo. Afinal pagamos nossos impostos para isso. Queremos saber quando o bairro Varginha será asfaltado. Vi que há pouco tempo ruas do Centro foram asfaltadas sem haver tanta necessidade. Como sempre, nosso dinheiro vai para o ralo e para o bolso dos políticos. Uma vergonha.”

“Em uma edição do início do ano, este jornal publicou reportagem repassando informação da prefeitura de que estariam a caminho importantes providências visando a resolver problema muito antigo (mais de três anos) qual seja a repavimentação da via que liga a RJ-116 às localidades Parque Imperial, Varginha, Oscar Schultz até às proximidades do ponto final do ônibus Centro-Varginha. Até agora nada aconteceu. Informaram que havia um projeto e verba aprovada. Os moradores dos citados bairros já se cansaram de promessas semelhantes. Não esqueçamos de que as urnas estão próximas”, escreveu outro leitor à coluna do Massimo.

De fato, em 31q de janeiro deste ano, A VOZ DA SERRA publicou que estava em tramitação um processo licitatório para a contratação de uma empresa que iria realizar o recapeamento de diversas ruas de Varginha com asfalto a quente. Segundo anunciou a prefeitura na época, seriam contempladas as ruas Oscar Schultz (antiga Rua dos Algodões) e Lúcio Nogueira. O trabalho previa também a instalação de placas de sinalização vertical e pintura de faixas nas vias e tinha previsão de ser concluído em 60 dias após o início das obras.

Ainda segundo a publicação no site oficial da prefeitura, o investimento era proveniente de uma emenda parlamentar do deputado estadual Altineu Côrtes (PL), no valor de R$ 460.952,38. O recurso para a obra era oriundo do Governo Federal, mas ainda haveria uma contrapartida municipal para a execução do trabalho, no valor de R$ 179.908,25, totalizando R$ 640.860,63.

Segundo já afirmavam moradores na época, o problema é antigo. A Rua Oscar Schultz é uma das principais do bairro e recebe um grande fluxo de veículos, inclusive os ônibus da linha Centro-Varginha. Os buracos estavam se transformando em crateras e obrigando os motoristas a se arriscarem em manobras arriscadas, sem contar as avarias nos veículos.

LEIA MAIS

Prefeito se reuniu com Ministério do Turismo para tentar viabilizar o projeto

Índice da Firjan indica que metade dos municípios da região, liderados por Bom Jardim, está em boa situação

Comitiva friburguense se reúne com ministros da Saúde e de Ciência e Tecnologia, com secretários de Cultura e de Defesa Civil, além do senador Romário

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | obra | Governo