Coragem, 2020 começou! Hora de encarar a realidade e seguir em frente!

Exagerou no carnaval? Confira nossas dicas!
sábado, 29 de fevereiro de 2020
por Ana Borges (ana.borges@avozdaserra.com.br)
Coragem, 2020 começou! Hora de encarar a realidade e seguir em frente!

Diz o calendário que o Carnaval acabou. E a ressaca, aquela soma de efeitos desagradáveis causados pela exagerada ingestão de bebidas alcoólicas, tem uma data para comemorar: 28 de fevereiro é o Dia Nacional da Ressaca. Nessa altura já superada, é hora de voltar a se concentrar nos desafios do dia a dia de um ano que está só começando e ao que tudo indica, não vai ser nada fácil. Aproveitemos o período de reflexão e sacrifício resumidos na Quaresma, para nos preparar. 

Além dos desafios comuns a serem enfrentados ao longo da vida, há aqueles que nos surpreendem, como o risco cada vez maior de uma pandemia de Covid-19, nome da doença causada pelo Coronavírus. Não apenas no que diz respeito à saúde pública, mas às prováveis implicações econômicas e seus efeitos sobre os planos e metas para o ano. É preciso manter a calma e buscar o equilíbrio.   

Vem aí também, para esquentar o ambiente social, mais um processo eleitoral para definir os ocupantes de prefeituras e câmaras municipais. Um pleito que, devido os recentes acontecimentos envolvendo os três poderes da República, promete ser ainda mais difícil e desafiador do que costuma ser. Haja saúde física e mental!

Então, para começo de conversa, vamos nos fortalecer com alimentos que combatem o cansaço e promovem energia. Confira nossas dicas:  

1. Abacate: É extremamente energético. Apesar de ser bastante calórico, tem um alto teor de gordura saudável, incluindo ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, que combatem o colesterol ruim, aumentam o fluxo sanguíneo para o cérebro e ajudam o corpo a absorver outros nutrientes. Como o corpo precisa de carboidratos, gorduras e proteínas para uma energia sustentável, é essa combinação de nutrientes que faz do abacate uma bomba energética.

2. Maçãs: Ricas em frutose, o açúcar encontrado nas frutas, é fonte preferida de energia do corpo. Ainda que comer uma maçã não dê o impulso inicial normalmente fornecido por uma xícara de café, ela vai fornecer uma quantidade constante de energia para o cérebro e corpo por mais tempo.

3. Grãos germinados: Ao contrário de açúcares simples, grãos integrais são uma forma de carboidrato que o corpo quebra lentamente para converter em energia, fornecendo assim uma fonte constante, em vez de um pico seguido de uma queda que traz o sono e o cansaço.

4. Macadâmia: E a maioria das nozes e sementes, são alguns dos melhores lanches quando o assunto é vencer o cansaço e combater a fome. Com 160 a 200 calorias em um punhadinho, as macadâmias são uma fonte concentrada de energia, contendo todos os macronutrientes principais, tais como proteínas, carboidratos, gorduras boas etc. 

5. Mirtilos: São muito energizantes e podem até elevar a função cerebral. As frutinhas são uma ótima fonte de manganês, um elemento químico frequentemente encontrado em minerais combinados com ferro, que desempenham um papel importante na assistência a determinadas atividades metabólicas no corpo – sendo uma delas a conversão de carboidratos e gorduras em energia. 

6. Macarrão Shirataki: Massas são uma delícia, mas trazem uma sensação de fadiga logo depois de serem consumidas. Uma alternativa é o macarrão Shirataki, feito à partir de glucomanano, uma fibra que vem da raiz da planta de konjac que cresce no Japão. O macarrão tipicamente asiático tem baixo teor de carboidratos, composto por 97% de água, evitando o tradicional sono após ingerir um prato de macarrão.

7. Couve: É uma das fontes de nutrientes mais ricas da terra, repleta de vitaminas e minerais essenciais de que o cérebro precisa. Fonte vegetal de ferro, cujos baixos níveis no corpo podem levar à exaustão e à sensação de cansaço. Para aumentar a absorção de ferro, é ideal consumi-la juntamente com uma fonte de vitamina C, como o suco de limão, por exemplo, combinados em um suco verde.

 

LEIA MAIS

Em casos de resultado positivo, o tratamento é integralmente oferecido pelo SUS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Será aplicada a primeira dose em adolescentes a partir de 12 anos e em adultos a partir dos 18

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra