Comerciantes têm expectativa de que Dia das Crianças movimente R$ 1,2 bi

Previsão válida para todo o estado é apontada por pesquisa da Fecomércio
quarta-feira, 07 de outubro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Brinquedos expostos no comércio de Friburgo (Foto: Thiago Lima)
Brinquedos expostos no comércio de Friburgo (Foto: Thiago Lima)

As datas comemorativas estão exercendo um papel importante na retomada da economia no Estado do Rio de Janeiro. O novo levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio (Fecomércio) sobre o Dia das Crianças, tradicionalmente uma das datas mais aguardadas do varejo, mostra que a tradição de presentear com brinquedos e roupas deve injetar este ano cerca de R$ 1,2 bilhão na economia fluminense. Esta é a  a primeira vez no ano que o total da movimentação econômica ficou em linha com os resultados de 2019. É ainda um sinal que os fluminenses estão indo às compras e deixando um saldo positivo de recursos no comércio de bens e serviços.

Outra boa notícia para a economia do Estado do Rio é o aumento no valor do o ticket médio, em relação ao ano passado. Este o gasto médio com a compra de presentes para o Dia das Crianças será de R$ 180,85 - em 2019 foi de R$ 163,33 - um aumento de aproximadamente 10,4%. A pesquisa estima que mais de 6,5 milhões fluminenses devem ir às compras por causa da tradicional data.

A pesquisa também procurou saber dos consumidores quais serão os produtos mais procurados nas lojas especializadas em artigos infantis. Em primeiro lugar, estão os brinquedos (58,6%); roupas (28,1%); eletrônicos como videogames e tablets (14,8%); livros (14,1%); calçados (11,3%); jogos de computador (8,2%); bicicleta (5,1%); outros presentes (4,3%). Sobre onde vão comprar, o estudo identifica que os fluminenses estão divididos: 44,5% em lojas físicas, 23% em lojas virtuais e 32,4% em ambas. Por conta do distanciamento social, foi observado um aumento de dez pontos percentuais nas compras on-line em relação ao ano anterior.

A sondagem ocorreu nos dias 28 e 29 de setembro e contou com a participação de 635 consumidores em vários municípios do Estado do Rio. A pesquisa teve com o objetivo estimar a movimentação financeira do comércio fluminense, em virtude da data comemorativa, além das expectativas de consumo.

Sobre a Fecomércio 

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio) é formada por 59 sindicatos patronais fluminenses e representa os interesses de todo o comércio de bens, serviços e turismo do estado. O setor reúne mais de 323 mil estabelecimentos, que respondem por 2/3 da atividade econômica do estado e representam 68% dos estabelecimentos fluminenses, gerando mais de 1,6 milhão de empregos formais no total, que equivalem a 61% dos postos de trabalho com carteira assinada no Estado do Rio de Janeiro. Além disso, a Fecomércio administra, no Estado do Rio, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comércio (Senac).

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: