Chuva deve persistir em Friburgo até às vésperas do Natal

La Niña perde força e meteorologistas agora preveem verão, que começa dia 21, menos chuvoso
segunda-feira, 07 de dezembro de 2020
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Chuva deve persistir em Friburgo até às vésperas do Natal

É recomendável que os Papais Noéis friburguenses escolham um guarda-chuva vermelho para combinar com modelito de Natal este ano. Nas previsões dos meteorologistas, o tempo deve continuar instável, com chuvas todos os dias, até pelo menos 20 de dezembro.

Esta semana, segundo o Climatempo, a segunda-feira, 7, deve ser o dia mais chuvoso de todos: 39 milímetros. Ao longo da semana a chuva esmorece um pouco, mas não dará trégua: terça choverá 25mm; quarta, 30mm; quinta, 22mm; e sexta, 18mm. O fim de semana será menos úmido, com apenas 8mm no sábado e 11mm no domingo.

Até esta terça, 8, segue válido o alerta para risco elevado de temporais e chuva volumosa na Região Serrana.

O tempo carrancudo, como gosta de dizer a apresentadora Maju Coutinho, se deve à famosa Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) associada a um  sistema de baixa pressão subtropical. Os estudiosos do clima explicam: no Hemisfério Sul, as baixas pressões da Amazônia, quando se formam, descem em direção ao Sudeste, da esquerda para a direita. Dependendo de onde saírem quando avançam pelo oceano, podem formar sistemas de baixa pressão subtropical, formando então o canal de umidade com chuvas de longo prazo.

Ainda segundo o Climatempo, o verão chega em 21 de dezembro, às 7h02, com um La Niña fraco - ou “fake”, como apelidaram os analistas do instituto. 

O esfriamento do Oceano Pacífico chegou a ser considerado forte em novembro, mas deve enfraquecer até o fim de dezembro. “O verão 2020/2021 será influenciado por um La Niña de moderado a fraco. Em uma situação clássica, La Niña facilita a formação da ZCAS, o que traz muita chuva para o Sudeste. Por outro lado, o Atlântico também está mais frio do que o normal, o que dificulta a formação da ZCAS. Vamos ter chuva, mas a maior parte das pancadas vai ter caráter isolado e passageiro”, explicou Filipe Pungirum nesta segunda.

 

LEIA MAIS

Ainda deve chover e ventar em Friburgo na noite desta quarta, mas sol pode voltar já nesta quinta

Cada cor respeita uma ordem de floração, que pode ocorrer de forma alterada a cada ano, dependendo do clima

Apesar das temperaturas em elevação, dias bem frios ainda devem ocorrer

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima | Natal