Centro de Educação Ambiental é reinaugurado

A reconstrução do espaço, destruído na tempestade de 2011, vai atender principalmente a jovens e crianças
segunda-feira, 10 de agosto de 2020
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Secom/PMNF)
(Foto: Secom/PMNF)

A Prefeitura de Nova Friburgo inaugurou na semana passada as novas instalações do Centro de Educação Ambiental do município (CEA). A unidade funciona nas dependências da Empresa Brasileira de Meio Ambiente (EBMA) – concessionária de serviços de coleta e tratamento final dos resíduos domiciliares e de saúde do município, no bairro Córrego Dantas. 

A reconstrução do espaço, que foi completamente destruído na catástrofe climática de 2011, foi possível a partir de uma parceria entre o município e a concessionária e visa a atender principalmente jovens e crianças, alunos das escolas públicas e particulares, além de toda comunidade. O centro, que possui um auditório com capacidade para 70 pessoas, contará com um canteiro de plantas, com mudas de espécies nativas e variadas que serão distribuídas aos visitantes. Durante a visitação, previamente agendada, palestras e atividades focadas na sustentabilidade e preservação ambiental estarão no roteiro.

O prefeito Renato Bravo, que, juntamente com a primeira dama Cristina Bravo, realizaram uma breve solenidade de inauguração com o descerramento de uma placa na fachada do novo CEA, destacou a importância da unidade: “O CEA é espaço integralmente voltado para a comunidade, um projeto educacional de preservação ambiental. O local permite a apresentação de filmes, palestras e encontros, fazendo a integração e permitindo o acesso a todos os grupos. Me orgulha muito, como prefeito, entregar essa obra de grande valia para toda a sociedade”, disse. 

O projeto conta com o apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente e Educação. O subsecretário de Educação, professor José Loyola Bechara, informou na solenidade que o espaço será bem utilizado com atividades presenciais programadas durante o período de retomada gradual e segura. “Esse prédio foi muito bem pensado na sua construção, e, por si só, é uma aula de sustentabilidade. Nós da Secretaria de Educação vamos utilizar ao máximo as instalações, apesar deste momento que vivemos, em que não podemos formar aglomerações. Pretendemos, dentro em breve, começar a trazer pequenos grupos de estudantes, para que eles possam conhecer de perto toda a cadeia de tratamento de lixo, utilização da energia solar, captação e utilização da água da chuva, assunto muito importante diante do momento que vivemos”, relatou. 

O presidente do Grupo EBMA, Antônio Carlos Ferrari Salmeron, agradeceu à prefeitura pela reconstrução do espaço e ressaltou a importância da visitação ao local. “O espaço está à disposição para a visitação de todos que queiram saber um pouco sobre o funcionamento da coleta de lixo, transporte e tratamento de todos os resíduos gerados na cidade, além de todas as atividades do Centro de Educação Ambiental”, esclareceu. 

Roberto Cocarelli, secretário municipal de Meio Ambiente, destacou que os esforços da equipe da secretaria e da EBMA, durante um ano e meio, entre o lançamento da pedra fundamental até a inauguração, foram cruciais para que, a partir de espaço, se possa produzir cidadãos mais conscientes quanto a preservação ambiental, através da educação.

 

LEIA MAIS

Com mais esses estabelecimentos, no Cônego, Friburgo já tem 62 unidades em funcionamento

Procedimento deve ser feito pela internet até o próximo dia 26

Estudantes serão atendidos com comprovante de inscrição, por ordem de chegada, sem necessidade de agendamento

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra