Cantora de Lumiar, Jhasmyna lança clipe nesta quinta

Produzido na quarentena, lançamento de "Limonada" poderá ser conferido por fãs pelo YouTube
quarta-feira, 26 de agosto de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
A cantora Jhasmyna (Divulgação/ Jander Ribeiro)
A cantora Jhasmyna (Divulgação/ Jander Ribeiro)

Muitos artistas têm aproveitado o distanciamento social para explorar o lado criativo e intensificar as produções autorais. Foi isso que fez a cantora Jhasmyna, de 19 anos, moradora do distrito de Lumiar. Nesta quinta-feira, 27, a artista lança o clipe “Limonada”, produzido durante a quarentena. Os fãs poderão curtir a produção a partir das 20h no YouTube, através do link: https://youtu.be/d8_51mBp1uc.

Jhasmyna é uma artista independente que faz parte do selo Porangareté. A cantora lançou seu primeiro álbum autoral em outubro do ano passado nas plataformas digitais e depois disso, surgiram outros projetos paralelos como a parceria com os cantores Gui Fleming e Ágatha, que resultou em diversas apresentações no município e também na capital fluminense.

“Limonada” faz parte do álbum “Jhasmyna” e traz a reflexão sobre o sistema que uniformiza pessoas. No clipe, os fãs poderão ver cenas de convidados cantando a letra. Segundo a artista, a música também é uma crítica ao sistema brasileiro e ao atual cenário político do país.

 Foto: Natália Mourão

O clipe também conta com a participação de outros artistas conhecidos da região como Julia Vargas, Ivo Vargas, Juliana Linhares, Duda Brack e outros. Algumas cenas foram feitas no fim de 2019, mas sua maioria é composta por pessoas que usaram a criatividade durante o isolamento estabelecido devido à pandemia do coronavírus.

Limonada, de fato, apresenta um suco de Brasil. Seus versos trazem em uma melodia suave, o que grande parte das pessoas não consegue enxergar - as consequências de um sistema que induz os indivíduos a seguirem e se enquadrarem em padrões pré-estabelecidos para serem aceitos.

“A reflexão sobre o que fazemos desde o minuto em que acordamos, roupas que vestimos, linguajar que usamos, rotina que adotamos e demais atitudes calculadas apenas para agradar os demais e sermos aceitos, nos faz pensar se somos realmente felizes ou estamos apenas seguindo o senso comum. Ser “esquisito” para você é elogio ou ofensa?”, questionou a artista. Às vésperas de mais um pleito, a música mostra-se atual ao abordar o modus operandi do cenário político brasileiro.

Ficha técnica :

  • Edição: Lucas Miranda
  • Direção Artística: Jhasmyna, Lucas Miranda
  • Apoio: Porangareté
  • Figurino: Iasmine Bon
  • Dança: Emerson Ferreira e Leandro D’Avila
  • Bateria: Cesinha
  • Baixo: Cláudio Rodrixx
  • Voz e Violão: Jhasmyna
  • Guiatarra: Isac Hotz
  • Percussão: Nego Dé
  • Teclados: Pedro Fonseca
  • Filmagem: Lucas Miranda, Gui Fleming, Agatha Cardoso, Vinicius Eckstein, Josete Thuller
  • Produção Musical: Rodrigo Garcia

 

LEIA MAIS

Artistas agora deverão tocar e até cantar com máscaras; "biombo" transparente passa a ser apenas recomendação

Videoaula “Levadas de instrumentos de percussão e sua aplicação na bateria” de Rocyr Abbud foi selecionada pelo estado

Obrigatoriedade de "biombo" de acrílico ou acetato entre músicos e plateia é alvo de críticas

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Música