“Avô emprestado” é preso por estupro de vulnerável na Julius Arp

Homem de 56 anos teria praticado atos libidinosos com uma menina de 11 anos
terça-feira, 12 de janeiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
“Avô emprestado” é preso por estupro de vulnerável na Julius Arp

Um homem de 56 anos foi preso no início da manhã desta terça-feira, 12, na Avenida Conselheiro Julius Arp, próximo ao acesso aos bairros Olaria e Vale dos Pinheiros. A prisão foi realizada por policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo, que cumpriram um mandado de prisão preventiva contra o acusado pela prática do crime de estupro de vulnerável, na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi preso no local de trabalho.

A ação foi coordenada pela delegada titular da Deam de Nova Friburgo, Mariana Thomé de Moraes e o mandado de prisão foi expedido pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Segundo a Deam, o homem é acusado de ter praticado atos libidinosos diversos da conjunção carnal com uma criança de 11 anos, colocando a boca em um dos seios da vítima e o acariciando. O fato, segundo a polícia, ocorreu em outubro passado.

O que chama ainda mais a atenção é que o autor é “avô emprestado” da vítima, já que é padrasto do pai da criança. Além disso, ele é vizinho da vítima, que permanecia sob seus cuidados enquanto a mãe da menina saía para trabalhar. A prisão ocorreu após trabalho de inteligência da Deam Nova Friburgo, visto que o acusado se mudou de endereço logo após os fatos. Cumpridas as formalidades legais, o autor foi encaminhado a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), permanecendo à disposição da Justiça.

 

LEIA MAIS

Husky siberiano ficou 10 dias desaparecido; casa na vizinhança tinha outras covas abertas, ossadas e despojos de animais. OAB reage

Husky siberiano ficou dez dias desaparecido; casa na vizinhança tinha outras covas abertas e até ossadas

Veja os casos de polícia registrados nos últimos dias em Friburgo e arredores

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime