Após tiroteio, drogas, arma e carro importado apreendidos no Floresta

Ao todo, P2 e Patamo apreenderam 65 tabletes de maconha, 533 papelotes de cocaína, um revólver 38 e umJeep Renegade. Um menor foi apreendido
segunda-feira, 27 de julho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
O carro apreendido (Foto: 11 BPM)
O carro apreendido (Foto: 11 BPM)

Policiais do serviço reservado (P2) e do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), do 11º BPM, realizaram uma operação contra o tráfico de drogas na tarde do último sábado, 25, no Loteamento Alto do Floresta, no distrito de Conselheiro Paulino. Segundo a seção de comunicação do 11º BPM, na ação um adolescente de 16 anos foi apreendido com 65 tabletes de maconha, 533 papelotes de cocaína, um revólver calibre 38 milímetros e um veículo com placa clonada.

Ainda segundo o batalhão, os agentes desencadearam a operação após terem recebido denúncias de que elementos vindos da capital estariam traficando drogas na localidade. Chegando ao local, os PMs foram recebidos a tiros pelos criminosos. Após troca de tiros, na qual ninguém ficou ferido, os bandidos fugiram e deixaram para trás a droga apreendida.

Um adolescente foi apreendido na ação e indicou aos policiais a localização de um veículo de luxo, do modelo Jeep Renegade, que pertencia a um traficante do Rio de Janeiro. A arma apreendida na operação foi encontrada dentro do automóvel. A ocorrência foi apresentada na 151ª DP, onde o material ficou apreendido, bem como o menor de idade, que está a disposição da Justiça da Infância e Juventude.

 

LEIA MAIS

Ações ocorreram nos bairro Nova Suíça, Alto do Floresta e no distrito de Conselheiro Paulino

Na ação os agentes prenderam um jovem de 23 anos e apreenderam um menor de 17

Entorpecentes estavam com dois jovens, um deles menor de idade

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: tráfico