Após o Bloco do Frizão, torcedores de times do Rio caem na folia em Friburgo

A sequência foi aberta pelo Bloco do Frizão na sexta-feira, 21, e continua até a próxima terça-feira 25
sábado, 22 de fevereiro de 2020
por Vinicius Gastin
Desfile deste ano do Máquina Tricolor vai homenagear a conquista da Taça Olímpica
Desfile deste ano do Máquina Tricolor vai homenagear a conquista da Taça Olímpica

Duas das maiores paixões dos brasileiros combinam e se entrelaçam no Carnaval de Nova Friburgo. Ao reunir futebol e samba, torcedores de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco vão colorir a Avenida Alberto Braune com as cores de seus clubes, e demonstrar na folia toda a paixão vivida durante os jogos.

Com o Alvinegros da Serra, estreante em 2020, todos os grandes times do Rio de Janeiro passam a ter a sua agremiação carnavalesca marcando presença no município. A sequência foi aberta pelo Bloco do Frizão nesta sexta-feira, 21, e continua até a próxima terça-feira 25.

Máquina Tricolor

Assim como é tradição nos últimos anos, o Máquina Tricolor, pioneiro no município, vai desfilar neste sábado, 22, às 17h. A concentração começa às 13h, e a compra do abadá dará direito a bebida liberada. O tema da apresentação é a Taça Olímpica, conquistada pelo clube. Na avenida desde 2007, o bloco da torcida do Fluminense aumenta o número de integrantes a cada ano, e até mesmo torcedores de times rivais entram na onda do carnaval, deixam o clubismo de lado e participam do desfile.

O Máquina Tricolor busca sempre fazer desfiles temáticos, e desta formam rende homenagens variadas, seja a um título ou jogador que tenha tido passagem marcante pelo clube. Em 2018, por exemplo, o Máquina Tricolor homenageou Washington e Assis – o Casal 20, dupla de atacantes do Fluminense da década de 80, responsáveis pelo tricampeonato Carioca (1983 – 1984 – 1985) e o título brasileiro de 1984.

Alvinegros da Serra

O caçula da turma dos blocos carnavalescos associados ao futebol é o Alvinegros da Serra. O desfile acontece neste domingo de folia, 23, às 16h. Foram confeccionados mais de 300 abadás para este primeiro ano de participação no carnaval, e o valor pago pela camiseta dará direito também a uma caneca e bebidas liberadas na concentração, a partir das 13h, na Rua Duque de Caxias. Também está previsto um espaço kids, para as crianças, com pipoca, algodão doce e brinquedos.

Outro destaque é o samba-enredo, composto por Guto Intérprete e Sabará, torcedores do Glorioso e personagens do carnaval friburguense. A letra traz diversas menções a trechos de músicas da torcida, recorda personagens históricos e botafoguenses ilustres, como Beth Carvalho. Alvinegros como o ex-goleiro Wagner, o sambista Léo Russo e Jamal, responsável pela Botafogo TV, gravaram vídeos convocando os torcedores nas redes sociais.

Urubu da Serra

O bloco carnavalesco Urubu da Serra foi fundado em 1984 por um grupo de amigos, desfilou nos anos de 84, 85 e 89 e depois encerrou suas atividades. De volta à ativa, o grupo também reúne as quatro principais torcidas organizadas do Flamengo: Raça; Jovem Fla; Flamanguaça e Urubuzada.

Dentre os exemplos de ações promovidas pelo bloco fora do Carnaval estão a convocação dos componentes e rubro-negros para doar sangue ao Hemocentro da Região Serrana, que funciona anexo ao Hospital Raul Sertã, e a união de esforços para obter recursos e mantimentos em apoio à clínica psiquiátrica Santa Lúcia.

Este ano o enredo é “Maracanã e seus 70 anos, onde conquistamos muitas glórias, no maior palco do futebol do mundo.” Estão abertas as pré-vendas de abadás e copos do bloco para o desfile de 2020. O desfile acontece na segunda-feira de Carnaval, 24, a partir das 21h. Detalhes sobre concentração e demais informações podem ser conferidas nas redes sociais da agremiação.

Gigantes da Serra

Pelo quarto ano seguido, o Bloco Gigantes da Serra vai fechar o Carnaval dos clubes em Nova Friburgo. O desfile acontece na terça-feira, 25, às 18h, e depois de trazer Sorato em 2019, os vascaínos terão a presença de Roberto Dinamite, um dos grandes ídolos da história do clube como jogador.

Outra novidade é o novo samba-enredo, uma vez que em anos anteriores a agremiação manteve uma espécie de samba-hino, composto por Lucas Alvim, de Miracema. A intenção, segundo os organizadores, é compor uma música diferente para cada desfile a partir de 2020. Este ano a homenagem será ao título da Mercosul, conquistado contra o Palmeiras, em jogo que ficou conhecido como a “Virada do Século”.

A concentração do bloco vai acontecer no espaço próximo à prefeitura, entre o muro da sede do município e o shopping, a partir das 15h30. O detalhe interessante é que os responsáveis pelo bloco calculam que 20% dos participantes não serão vascaínos. “Nós fazemos um bloco para a família, e todo mundo que quiser participar do desfile será bem-vindo. Claro que o abadá dá direito a concentração e a bebida liberada. Fizemos 500, e eles devem estar esgotados até o dia do desfile”, projeta Thiago Sapulha, presidente do Gigantes da Serra.

A ideia do bloco surgiu através do presidente da agremiação, Thiago Cardoso, após passar um dia no carnaval de 2012, em Itaocara: a agremiação Itaocalhau foi a inspiração. Em 11 de abril de 2012, a agremiação foi extra oficialmente fundada, mas a ideia esfriou devido a falta de tempo para os encontros entre os amigos que planejavam os desfiles.

No carnaval de 2015, um dos diretores ficou sabendo que em pouco mais de um mês havia sido montado outro bloco, que mesmo em um curto espaço de tempo conseguiu desfilar. O “exemplo” foi suficiente para empolgá-lo novamente e procurar os dois antigos entusiastas, propondo tirar a ideia do papel.

  • Eventos de pré-carnaval do Alvinegros da Serra reuniram vários botafoguenses

    Eventos de pré-carnaval do Alvinegros da Serra reuniram vários botafoguenses

  • Os 70 anos do Maracanã é o tema do desfile do Urubu da Serra este ano

    Os 70 anos do Maracanã é o tema do desfile do Urubu da Serra este ano

  • Torcida vascaína promete tomar novamente a Avenida Alberto Braune na terça-feira de Carnaval

    Torcida vascaína promete tomar novamente a Avenida Alberto Braune na terça-feira de Carnaval

LEIA MAIS

Mesmo Alunos do Samba, que sofreu com incêndio, deverá participar

"Perdemos mais de 14 alas ensacadas, carro alegórico, material de acabamento e decoração", contabiliza a direção da escola

Chance de evento presencial é considerável, mas opção virtual não está descartada. Secretaria de Turismo já tem planejamento em estudo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra