Destaque nacional

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Para pensar:

“Como é possível esperar que a humanidade ouça conselhos, se nem sequer ouve as advertências.”

Jonathan Swift

Para refletir:

“Existem pessoas excepcionais capazes de iniciar epidemias. Basta encontrá-las.”

Malcolm Gladwell

Destaque nacional

Na segunda-feira, 27, foi realizada a primeira reunião do InovaFri em 2020, a 15ª desde que o movimento foi iniciado, no segundo semestre de 2018.

O encontro contou com quase 30 participantes, o maior contingente até aqui, com representantes de Uerj, UFF, Cefet, prefeitura, Câmara Municipal, Emater, Embrapa, Serra do Silício, e empresas do setor de Tecnologia da Informação.

E a relevância do trabalho que vem sendo realizado por aqui acaba de ganhar um referencial nacional bastante nítido.

Destaque nacional (2)

Veja o leitor que na noite desta mesma segunda-feira a InovAtiva, maior programa gratuito de aceleração para negócios inovadores no Brasil, divulgou o resultado final do processo seletivo que indicou 28 líderes e 35 agentes em todo o Brasil.

Desse total, cinco líderes e nove agentes foram indicados dentro da Região Sudeste.

No Estado do Rio, foram apenas um líder e um agente.

Ambos de Nova Friburgo, e do InovaFri.

Critérios

As definições levaram em conta critérios como “conhecimento e envolvimento no ecossistema, experiências, engajamento no desafio” e cruzaram estes dados com as necessidades para atuação de cada representante nas categorias: líder, agente e disseminador.

Os líderes são voluntários e têm a missão de fortalecer os ecossistemas estaduais de empreendedorismo, atuar para fomentar a comunidade de empreendedores, mentores e entusiastas em torno do tema do empreendedorismo.

Representantes

O líder indicado para o Rio de Janeiro foi o professor Marcelo Verly, secretário municipal de Ciência e Tecnologia.

E o agente escolhido para o Estado doRio foi o empresário Rodrigo Sena, um dos fundadores do movimento Serra do Silício.

Perspectivas

Os trabalhos serão iniciados na próxima segunda-feira, 3 de fevereiro, com uma reunião de boas-vindas, e o colunista entende que a representatividade local em plataforma tão transformadora logo começará a se refletir em ótimas notícias para a economia municipal.

Havendo desdobramentos de interesse local, divulgaremos aqui.

Guarda Municipal

A coluna foi procurada recentemente por concursados de 2015 que há anos aguardam a convocação para que passem a integrar a Guarda Civil Municipal em Nova Friburgo.

Os aprovados pediram apoio para que pudessem apresentar seus argumentos, e explicar por que entendem que o efetivo atual está abaixo do que é determinado pela legislação, e o prazo para convocação dos concursados está próximo de terminar.

Insuficiente

A partir do que determina a Lei 13.022, de 8 de agosto de 2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais, e também da estimativa populacional de 190.632 habitantes, estabelecida pelo IBGE em 2019, os aprovados argumentam que o efetivo da Guarda Municipal teria de contar com um efetivo mínimo de 200 agentes.

Ainda de acordo com os concursados, atualmente a GCM conta com o efetivo de 96 guardas, para atender a funções específicas na guarda patrimonial, guarda ambiental, no Gtam, na ronda escolar e no trânsito.

Aspas

“São muitos os crimes de menor potencial ofensivo que a GCM pode sim ajudar a combater: praças sendo invadidas por usuários de drogas, bares vendendo bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, prédios sendo destruídos por vândalos diariamente, estão quebrando tudo na Estação Livre… Com certeza, a falta do efetivo da GCM se reflete em problemas como estes. A população tem noção de que a Guarda Municipal conta hoje com apenas três viaturas para toda corporação?”, declarou um dos concursados.

Segue

Ainda de acordo com os aprovados, o prazo para convocação dos concursados se termina no dia 13 de maio deste ano.

“Desde 2015 estamos na batalha. Passamos na prova objetiva, fizemos o teste de aptidão física, o exame psicológico, e também a pesquisa social. Cumprimos todas as etapas do concurso, faltando apenas o curso de formação. E muitos largaram seus respectivos empregos para que pudessem tomar parte na última fase do concurso, que até hoje só convocou 21 aprovados, para as 50 vagas imediatas. O restante dos concursados segue aguardando até o momento sem trabalho. Fizemos investimentos para podermos começar a trabalhar, e até o momento não tivemos retorno.”

Sintonia

De fato, o depoimento dos concursados coincide com a manifestação de uma leitora, cuja identidade será preservada, que procurou a coluna para tornar pública sua preocupação com o que viu na Praça Getúlio Vargas na última sexta-feira, 24, por volta das 20h.

Aspas (2)

“Havia alguns grupos de jovens nas proximidades do Friburgo Shopping, e eles estavam brigando entre si, transmitindo uma sensação de risco, a ponto dos seguranças terem fechado o acesso às lojas durante algum tempo. A aglomeração se desfez quando apareceram alguns policiais, reforçando a ideia de que precisamos de mais apoio para preservar a segurança de nossos espaços de convivência.”

 

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.