Redução dos preços

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

terça-feira, 05 de junho de 2018

Redução dos preços

Técnicos dos ministérios de Minas e Energia e da Fazenda continuam discutindo a criação de uma política de amortecimento de preços dos combustíveis que chegue ao bolso do consumidor. Ontem, 4, eles participaram da segunda reunião do grupo de trabalho criado para esse fim. A discussão inclui derivados do petróleo, como o diesel e a gasolina.

*****

O acordo firmado com os caminhoneiros para o fim do movimento grevista define a redução de R$ 0,46 no preço do diesel. Agora, a intenção é incluir também na discussão os demais combustíveis, criando um mecanismo que proteja o consumidor da volatilidade dos preços finais.

Comércio ainda fraco

A poucos dias da abertura da Copa do Mundo da Rússia, a venda de produtos relacionados ao torneio ainda está começando a engrenar no comércio do Rio. A crise econômica e a conjuntura política desanimaram o consumidor de enfeitar a casa e comprar camisetas e cornetas, acreditam os comerciantes. Agora, nesta contagem regressiva, eles esperam um crescimento de cerca de 30% no movimento.

Expediente durante a Copa

O Ministério do Planejamento publicou no Diário Oficial da União portaria que flexibiliza o horário de expediente dos órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional nos dias de jogos da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo Fifa 2018, que ocorre na Rússia neste mês. Pelo ato, nos dias em que os jogos da Seleção forem pela manhã, o expediente terá início às 14h (horário de Brasília); e nos dias em que os jogos forem à tarde, o expediente se encerrará às 13h (horário de Brasília). As horas não trabalhadas devem ser compensadas até o dia 31 de outubro de 2018.

Previsão para o PIB

Após os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados na semana passada, o mercado financeiro reduziu suas projeções de crescimento da economia em 2018. A expectativa para o PIB este ano caiu de 2,37% para 2,18% no Relatório de Mercado Focus divulgado ontem, 4. Há quatro semanas, a estimativa era de crescimento de 2,70%.

*****

Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3%, mesmo patamar de quatro semanas atrás. A projeção atual do BC, já passível de atualização, é de alta de 2,6% para o PIB em 2018. O Ministério da Fazenda trabalha com um percentual de 2,5%

Ponte Rio-Niterói

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o aumento de R$ 4,10 para R$ 4,30 na tarifa do pedágio cobrada pela concessionária Ecoponte na travessia da Ponte Rio-Niterói. O reajuste vale para a categoria 1 de veículos e entra em vigor nesta terça-feira, 5. A decisão está publicada no Diário Oficial da União de ontem, 4.

Arrecadação despenca

 O "ajuste fiscal" chegou também para os sindicatos. Depois da entrada em vigor da reforma trabalhista, em novembro, que acabou com o imposto sindical, as entidades viram sua arrecadação cair 88% nos quatro primeiros meses do ano, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Enxutos, os sindicatos querem contornar o baque se mostrando mais atuantes junto aos trabalhadores e tentam compensar parte da queda de receita com a conquista de novos associados.

Publicidade
TAGS:

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.