Petroleiros desistem da greve

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

sexta-feira, 01 de junho de 2018

Petroleiros desistem da greve

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) orientou os sindicatos filiados a suspenderem a greve de 72 horas iniciada à zero hora da última quarta-feira, 30 de maio, segundo nota divulgada ontem, 31, feriado de Corpus Christi. Na nota, a entidade acusou o Tribunal Superior do Trabalho (TST) de "criminalizar" o movimento sindical, ao considerar a greve ilegal e determinar a aplicação de multa em caso de descumprimento - primeiro, foi determinada penalidade de R$ 500 mil por dia, mas o valor seria depois elevado a R$ 2 milhões por dia.

*****

"A decisão do TST é claramente para criminalizar e inviabilizar os movimentos sociais e sindicais. Diante disso, a FUP orienta os sindicatos a suspenderem a greve", diz um trecho da nota, publicada no site da FUP. "O TST faz o jogo do capital e não deixaria barato a greve dos petroleiros” diz.

Perdas para o turismo

A ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) lamentou a queda nas ocupações desde a semana passada e os cancelamentos de reservas para este feriadão de Corpus Christi com a greve dos caminhoneiros. De acordo com o presidente da associação, Manoel Cardoso Linhares, os destinos de negócios e o turismo rodoviário foram os mais afetados pela paralisação.

******

“A expectativa é que a queda seja minimizada pela normalização do abastecimento. É possível que muitos decidam viajar para destinos próximos na última hora”, afirma ele. Na cidade do Rio de Janeiro, a expectativa de ocupação para o feriado permaneceu igual à do ano passado, em torno de 47%, quando a expectativa era uma recuperação na ocupação dos hotéis para o período de cerca de 3%.

Busca por frete

No décimo dia de paralisação, os grupos de Whatsapp dos caminhoneiros já tinham até anúncio de frete com cargas no Brasil, Argentina e Chile. Profissionais da área buscavam motoristas interessados em fazer as viagens com embarque imediato, mas eram logo repreendidos por outros participantes do aplicativo.

Corte reduz pouco

Os cortes anunciados pelo governo para bancar o subsídio aos caminhoneiros chegam à redução de poucas dezenas de reais. A Medida Provisória 839 detalha, por exemplo, que o programa de estudos, projetos e planejamento de infraestrutura de transportes do Ministério dos Transportes sofreu corte de R$ 59. O valor é suficiente para comprar duas caixas de canetas esferográficas de cor azul no comércio.

*****

Outra área com corte de poucos reais é o programa de gestão e manutenção do Ministério do Desenvolvimento Social, que sofreu corte de R$ 225 no orçamento para as atividades de administração da unidade. O corte é suficiente para comprar um único cartucho de tinta para impressora.

Venda da Eletropaulo

Está marcado para a próxima segunda-feira, 4, o leilão para a venda de ações da Eletropaulo, distribuidora responsável por levar energia para São Paulo e outras 23 cidades da região metropolitana paulista. As empresas interessadas, a estatal italiana Enel e a empresa brasileira Neoenergia, já apresentaram suas ofertas de preços. Os envelopes devem ser abertos após as 19h.

******

Na prática, após o leilão, o comprador será líder do mercado. Isso porque tanto a Neoenergia como a Enel atuam no setor de geração de energia e podem ampliar a sua atuação. A Neoenergia tem concessões no interior de São Paulo Mato Grosso do Sul, além da Bahia , Rio Grande do Norte  e Pernambuco. A Enel opera no Rio de Janeiro, Ceará e Goiás.

Projeção do PIB

A greve dos caminhoneiros levou o Santander a cortar sua projeção de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano em 0,7 ponto percentual. "Vínhamos com (uma previsão de alta de) 3,2% desde outubro. Já íamos revisar para algo mais perto de 2,5% por causa dos resultados do começo deste ano. Mas a decisão de 2% foi por conta da greve, considerando seus efeitos diretos e indiretos", disse o economista do banco Rodolfo Margato. Para o segundo trimestre, o Santander ainda reviu sua projeção do PIB de 0,8% para 0,2%.

Aumento da confiança

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), subiu 0,2% de abril para maio e atingiu 113,8 pontos. Na comparação com maio de 2017, o aumento chega a 10,5%.

*****

A CNC destaca, no entanto, que a greve dos caminhoneiros, iniciada em 21 de maio, pode causar impacto na percepção dos empresários do comércio em pesquisas futuras, devido ao desabastecimento de combustíveis e alimentos, entre outros produtos.

Contas públicas

O setor público consolidado, formado pela União, os estados e municípios, registrou saldo positivo nas contas públicas em abril, de acordo com dados do Banco Central. O superávit primário, receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros, ficou em R$ 2,9 bilhões. No mesmo mês de 2017, o resultado positivo foi bem maior: R$ 12,908 bilhões. Apesar de positivo, o resultado de abril foi o pior da série histórica, iniciada em dezembro de 2001.

Publicidade
TAGS:

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.